Conectado por
Governo de Rondônia

Mato Grosso

Base de Emanuel e oposição começam a articular disputa da Mesa

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Com a reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), os vereadores eleitos de Cuiabá deram início às articulações para disputa do comando da Câmara Municipal. A eleição acontece no dia 1º de fevereiro, quando inicia a nova legislatura.

Pelo menos quatro veteranos já manifestaram interesse em conquistar a presidência, sendo três deles da base do prefeito. O primeiro é Marcrean Santos (PP), que tem com ele o respaldo de ser o segundo mais votado na eleição deste ano. Também devem tentar os vereadores Renivaldo Nascimento (PSDB) e Adevair Cabral (PTB), que são apoiadores de longa data do prefeito e devem buscar ajuda do Palácio Alencastro.

Outro veterano é o vereador Diego Guimarães (Cidadania), que é da oposição e também já disse que se articula para entrar na disputa. O parlamentar tem ao seu lado o fato de ter sido o mais votado na eleição deste ano.

Ao MidiaNews, ele afirmou que decidiu lançar seu nome para evitar que a Capital tenha uma “Câmara submissa” durante a próxima gestão.

Os nomes de dois novatos no Legislativo também já foram ventilados nos bastidores: a jornalista Michelly Alencar (DEM), que também faz oposição a Emanuel, e Demilson Nogueira (PP), que integra o grupo de aliados do prefeito.

Atualmente, a configuração da Câmara de Cuiabá – quando analisados os partidos aos quais os vereadores estão filiados – é de 12 vereadores na base do prefeito e 13 que fazem oposição. Em tese, o fato pode favorecer um nome do grupo de oposição.

Veja como estão posicionados os vereadores da próxima legislatura:

Base

1.    Juca do Guaraná (MDB)
2.    Paulo Henrique de Figueiredo (PV)
3.    Chico 2000 (PL)
4.    Didimo Vovô (PSB)
5.    Dr. Luiz Fernando (Republicanos)
6.    Renivaldo Nascimento (PSDB
7.    Mario Nadaf (PV)
8.    Eduardo Magalhães (Republicanos)
9.    Marcrean dos Santos (PP)
10.    Adevair Cabral (PTB)
11.    Demilson Nogueira (PP)
12.    Marcus Brito Junior (PV)

Oposição

1.    Diego Guimarães (Cidadania)
2.    Dilemário Alencar (Podemos)
3.    Edna Sampaio (PT)
4.    Michelly Alencar (DEM)
5.    Sargento Joelson do Amaral (SD)
6.    Pastor Jeferson de Souza (PSD)
7.    Tenente coronel Marcos Paccola (Cidadania)
8.    Rodrigo Oliveira de Arruda e Sá (Cidadania)
9.    Wilson Kero Kero (Podemos)
10.    Lilo Pinheiro (PDT)
11.    Cezinha Nascimento (PSL)
12.    Kassio Eduardo da Silva (Patriota)
13.    Sargento Vidal (Pros)

MidiaNews,