Conectado por

Economia

Auxílio Brasil, quando começa a 2ª parcela, qual será o valor e quem recebe?


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Com a chegada do mês de dezembro as expectativas quanto ao Auxílio Brasil só aumentam, afinal, durante os pagamentos da primeira parcela no mês de novembro o pagamento do benefício foi reduzido somente aos inscritos que já recebiam o Bolsa Família e o valor pago também foi menor que o esperado e não chegou aos R$ 400, apenas em 20% a mais do que as famílias ja recebiam.

Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil foi divulgado inicialmente pelo governo, visando pagar o valor de R$ 400 aos beneficiários e a atender novas famílias além das que já recebiam o Bolsa Família, com o objetivo de zerar a fila de espera do CadÚnico.

No entanto, a primeira parcela do programa, disponibilizada em novembro acabou sendo reduzida aos beneficiários que recebiam o Bolsa Família e o valor também foi apenas de 20% a mais do que o valor que as famílias recebiam no antigo programa.

A demora na liberação do valor de R$ 400 e novos beneficiários está associada ao atraso do governo em conseguir aprovar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Precatórios, que abrirá espaço no Orçamento para bancar o benefício no valor de R$ 400 por todo ano de 2022.

No entanto, nesta última quinta-feira (2) o ministro da Cidadania, João Roma, afirmou que o primeiro pagamento no valor de R$ 400 deve ocorrer neste mês de dezembro. A tendência ainda, é que os beneficiários recebam o valor retroativo ao mês de novembro.

A declaração de Roma ocorreu durante um evento que marcou a assinatura de decretos que regulamentam o Auxílio-Gás do governo federal, que visa subsidiar o gás de cozinha para as famílias de baixa renda.

— O pagamento chegará aos brasileiros ainda em dezembro. Só posso precisar a data após a definição final na Câmara, mas da maneira como já está aprovada a PEC no Senado, e a MP do Auxílio Brasil também na Câmara e no Senado, conseguiremos fazer chegar ainda no mês de dezembro o pagamento mínimo de R$ 400 a todos os beneficiários do programa — declarou o ministro.

Vale lembrar que assim que o governo conseguir a aprovação da PEC para disponibilizar o benefício no valor de R$ 400, o governo também terá espaço suficiente para liberar o benefício para as famílias que estão no aguardo da concessão do benefício.

Pagamentos de dezembro

O calendário de pagamentos do benefício para o mês de dezembro também já está acessível, onde a parcela será paga conforme a ordem do último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários, da mesma forma como ocorria no Bolsa Família, confira:

  • NIS final 1: dia 10 de dezembro;
  • NIS final 2: dia 13 de dezembro;
  • NIS final 3: dia 14 de dezembro;
  • NIS final 4: dia 15 de dezembro;
  • NIS final 5: dia 16 de dezembro;
  • NIS final 6: dia 17 de dezembro;
  • NIS final 7: dia 20 de dezembro;
  • NIS final 8: dia 21 de dezembro;
  • NIS final 9: dia 22 de dezembro;
  • NIS final 0: dia 23 de dezembro.

As famílias que procuram informações quanto a inscrição ao benefício podem clicar aqui e descobrir os critérios e como fazer.

 

 

 

Jornalcontabil.com.br

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento