Conectado por
Governo de Rondônia

Mato Grosso

Aulas e serviços administrativos da Unemat são suspensos em todos os campi

Publicado por

em


Continua após a publicidade

As aulas e os serviços administrativos do período vespertino e noturno da Universidade de Mato Grosso (Unemat) foram suspensos nesta sexta-feira (25). A medida foi tomada após decreto do governador Pedro Taques (PSDB) suspendo o expediente em órgãos públicos, em consequência da greve dos caminhoneiros.

De acordo com a instituição, cerca de 20 mil alunos dos 13 campis da unidade são afetados com a medida.

A suspensão foi acatada em virtude da dificuldade dos estudantes para chegarem até os campi.

Ao todo, 31 pontos de protesto são registrados no quinto dia de manifestação da categoria nas rodovias federas e estaduais de Mato Grosso.

As manifestações ocorrem na BR-070, BR-174, BR-158, BR-364, BR-163, MT-358 e MT-480.

Em decreto, o governador Pedro Taques (PSDB) considera o “transtorno nos transportes públicos e particulares, o desabastecimento em supermercados e desordens em outros segmentos”, para suspender o expediente nesta sexta-feira.

Outros órgãos

O Tribunal de Justiça e a Defensoria Pública também decretaram a suspensão do expediente nesta sexta-feira, por causa da greve dos caminhoneiros. No Judiciário, os prazos processuais devem ser prorrogados para a terça-feira (29).

Entre os órgãos afetados, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) suspendou os atendimentos e agendados marcados para esta sexta-feira.

A medida também foi seguida pelas prefeituras de Cuiabá, Primavera do Leste e Sorriso. Nesses municípios, o expediente só deve ser regularido na próxima segunda-feira (28).