Conectado por
Governo de Rondônia

Mato Grosso

Audiência pública discute prevenção ao suicídio nesta terça-feira

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Uma audiência pública para discutir as formas de se prevenir o suicídio acontece no Auditório Milton Figueirdo, da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, nesta terça-feira (10), Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. O evento começa às 13h, e terá palestra do presidente da Associação Mato-grossense de Psiquiatria, Dr. Carlos Renato de Lima Periotto.

O projeto é organizado pelo deputado estadual Dr. Gimenez (PV), que é médico há 40 anos. “Temos mais de 11 milhões de pessoas no Brasil afetadas pela doença, entre crianças e adultos, um índice que crescente que ainda significa um tabu, considerado por muitos como ‘frescura, fraqueza ou falta de Deus’. Nosso objetivo é reunir especialistas e trazer o Estado discutir a estrutura de atendimento a esses pacientes”, avalia o parlamentar.

O psiquiatra palestrante explica que a depressão é uma doença mental, causada pelo desequilíbrio químico do cérebro e acontecimentos desgastantes, como o fim de um relacionamento, a perda do emprego, a morte de um ente querido, dentre outros.

“Na maioria dos casos, a pessoa não reconhece a sua dor como um caso clínico, também existe ainda muito preconceito no tratamento”, explica Gimenez, que é médico na área infantil.

Neste ano, o deputado apresentou dois projetos de lei voltados ao tema, o nº 356 e o nº685. O primeiro propõe a criação da Semana da Conscientização e Combate à Depressão nas escolas públicas de Mato Grosso; e o segundo institui a Política de Diagnóstico e Tratamento da Síndrome da Depressão na rede de saúde pública, compreendendo os distúrbios: episódios depressivos, depressão bipolar, distimia, depressão atípica, sazonal, pós-parto e psicótica. 

Programação pela cidade

Além da audiência pública, uma extensa programação acontece pela cidade, sobre o mesmo tema. Também na terça-feira (10), das 8h às 17h será realizada a ação Promoção da Saúde como Prevenção ao Suicídio, no auditório da Escola de Saúde Pública. No mesmo dia, uma representante do CVV vai ministrar uma palestra no Pronto Socorro, às 15h.

No dia 13, no CAPS Infantil Adolescer, será realizada a palestra “Prevenção ao Suicídio”, que acontece às 9h. No dia 17, o I Seminário Estadual de Prevenção e Pósvenção do Suicídio, das 16h30 às 21h30. Para fechar a programação, no dia 19 acontece uma grande caminhada de Promoção da Vida e Prevenção ao Suicídio, que sairá da Praça Ipiranga a partir das 7h30 e terminará na Praça Alencastro, com a presença da banda do Corpo de Bombeiros.

Esta programação é realizada pela Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, a Secretaria Estadual de Saúde, o Núcleo de Estudos em Saúde Mental (NESM) e o Centro de Valorização da Vida (CVV).

Segundo dados da Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, cerca de 12 mil suicídios são registrados no país todos os anos e mais de 1 milhão no mundo. A depressão, o transtorno bipolar e o abuso de substâncias psicoativas são os 3 principais motivos para os casos de suicídio no Brasil, que atinge principalmente os jovens.