Conectado por

Rondônia

Atuação do Batalhão de Polícia Ambiental é destacada durante troca de comando


Compartilhe:

Publicado por

em

O major PM Glauber Ilton de Sousa Souto assumiu o comando do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) da Polícia Militar do Estado de Rondônia em substituição ao major PM Washington Soares Francisco que comandou a Unidade por mais de 2 anos quando obteve um aumento significativo de recursos humanos, com ampliação de mais policiais, refletindo nos autos de infração, apreensões de madeiras, armas de fogo, tratores, pescados e drogas. A formatura de passagem de comando aconteceu na manhã de quinta-feira (30) no próprio Batalhão, localizado no município de Candeias do Jamari, com a presença do comandante geral da Polícia Militar, coronel PM Mauro Ronaldo Flôres Corrêa.

A mudança faz parte do planejamento operacional da corporação e atende à necessidade de rotatividade e renovação no exercício das funções de cada oficial. Oportunidade de preparar seus oficiais num nível cada vez mais complexo no tocante à responsabilidade e mesmo no que se refere na sua adequação à importância estratégica da função que exerce.

Conforme destacado pelo comandante geral, trata-se de um ato que visa propiciar a rotatividade necessária para que todos os oficiais superiores tenham a oportunidade de exercer funções de comando.

Ao fazer uso da palavra, o comandante geral da PM lamentou o falecimento do ex-comandante da Polícia Militar, coronel PM Jorge Honorato, enaltecendo a missão de ter comandado a Corporação. Mesmo com o sentimento de tristeza, o coronel Ronaldo destacou a passagem de comando do Batalhão de Polícia Ambiental, ato considerado normal e necessário para o fluxo da carreira.

“O major Washington esteve no comando do BPA por mais de 2 anos  e alguns meses e realizou um excepcional trabalho, o qual é de conhecimento de toda a sociedade e de todo o Brasil.  Nosso Batalhão Ambiental é referência a nível de Brasil e teremos agora um outro oficial à altura de substituí-lo. O major Glauber Souto reúne essas qualidades e as condições de continuar o trabalho que já vinha sendo realizado e até mesmo implementá-lo com outras formas de atuação e outras novidades”, argumentou o comandante geral.

Segundo enfatizado pelo coronel PM Ronaldo, a Polícia Militar do Estado de Rondônia vem se destacando nacionalmente. “Tenho falado isso em todas as oportunidades. Hoje apresentamos dados que colocam Rondônia como o Estado com menor índice de crimes violentos. Estamos muito avançados no que se refere ao policiamento ostensivo e à preservação da ordem pública, resultados do cumprimento das nossas missões. Agradecemos a todos os policiais militares por esse trabalho. Agradecemos também ao secretário de segurança, coronel PM Pachá, e ao governador do Estado, coronel Marcos Rocha,  que sendo um profundo conhecedor das atividades policiais militares tem dado o respaldo necessário para que a nossa atuação esteja cada vez mais presente”, finalizou.

Antes de passar o comando, o major Washington fez uma rápida explanação das ações desenvolvidas no ano passado, obtendo os seguintes resultados:  autos de infração; apreensões de madeiras, armas de fogo, tratores, pescados e drogas; 1.959 ocorrências registradas; 2.950 flagrantes de crimes; 163 armas de fogo apreendidas; 92 tratores apreendidos; 51 drogas apreendidas.

O oficial também destacou alguns feitos realizados durante sua gestão, tais como: reforma da Sede do Batalhão de Polícia Ambiental, sendo sua primeira reforma desde sua construção; construção do quartel (CIA) de Machadinho; aquisição do terreno para a construção do quartel (Pelotão) de Vilhena – Projeto da construção em andamento; crescimento de atendimentos em 2019, de 9000 atendimentos para mais de 20.000 atendimentos/palestras realizadas. Ele também enumerou a estruturação do núcleo de inteligência do BPA, o qual possibilitou operações no combate ao crime organizado, quantos a ilícitos ambientais. Dentre elas: Operação na Terra Indígena Lages (invasão e garimpo); Operação na Karipunas (invadida).

“Foram várias operações integradas em defesa do meio ambiente e em defesa da Amazônia. Combatemos os riscos ambientais no garimpo, na extração ilegal de madeira, nas terras indígenas. Estarei assumindo outro desafio com novos ares, novos horizontes, novos rumos para poder levar um pouco da experiência de trabalho e poder fazer algo de melhor para Polícia Militar”, disse ao se despedir do Batalhão Ambiental o major Washington que irá assumir o cargo de chefe do Centro de Ensino da Polícia Militar.

Além do comandante geral da PM, a formatura contou com a presença do subcomandante geral, coronel PM Rildo José Flores; do chefe do Estado Maior, coronel PM Alexandre Almeida; do superintendente de Comunicação do Estado, Lenilson Guedes; bem como demais oficiais comandantes de outros Batalhões da PM.

Secom – Governo de Rondônia