Conectado por

Religião

As profecias são uma razão para crer


Compartilhe:

Publicado por

em

Ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. (Isaías 53:5).

Conheci um jovem judeu que aceitou ao Senhor Jesus quando se deu conta que a vinda e a vida de Jesus estavam anunciadas na Bíblia. Existem mais de 300 profecias no Antigo Testamento que fazem referência a Jesus. Assim temos, por exemplo, o lugar do Seu nascimento (Miqueias 5:2), Seu nascimento virginal (Isaías 7:14), Sua entrada triunfal em Jerusalém (Zacarias 9:9), Sua morte por crucificação (Salmo 22:16), Seu sepultamento no túmulo de um homem rico (Isaías 53:9), Sua ressurreição (Salmo 16:10-11).

O próprio Senhor Jesus, tanto antes como depois de Sua ressurreição, explicou o sentido de Sua missão referindo-se a passagens do Antigo Testamento que falavam a Seu respeito. Por exemplo, disse a dois de Seus discípulos que iam para Emaús: “Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na sua glória? E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras” (Lucas 24:25-27).

A profunda razão de Sua morte foi dada vários séculos antes: “Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos” (Isaías 53:6). Cada um de nós seguia seu próprio caminho de independência, mas Deus castigou a Jesus em nosso lugar, para que fosse nosso Salvador. “A este dão testemunho todos os profetas, de que todos os que nele creem receberão o perdão dos pecados pelo seu nome” (Atos 10:43).

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento