Conectado por

Rondônia

As dúvidas sobre o assassinato de mãe e filho em Porto Velho: Veja 3 perguntas ainda sem respostas


Compartilhe:

Publicado por

em

O assassinato do menino Gustavo Henrique, então de 7 anos, e de Fabiana Pires Batista, de 23 anos, ainda é rodeado de dúvidas a serem esclarecidas pela Polícia Civil de Porto Velho. A suposta responsável pela morte de mãe e filho é uma menina de 13 anos. Ela é irmã de Fabiana e tia de Gustavo.

O corpo da criança foi encontrado boiando dentro de um lago de um loteamento da Zona Sul da capital no último fim de semana. Na tarde de segunda-feira (21), foi a vez de Fabiana ser achada sem vida e enterrada em uma cova no mesmo local.

O bebê que a vítima esperava, de 8 meses, foi ainda arrancado da barriga dela durante o crime. O recém-nascido segue internado no Hospital de Base.

Confira abaixo três perguntas ainda sem respostas sobre o caso:

Qual a relação entre a menina e o adolescente de 15 anos que a ajudou no crime?

O que se sabe até o momento é apenas que a menina teve ajuda do adolescente na execução do crime, mas não há informações claras sobre o tipo de aproximação dela com o menor. Apenas que são amigos.

A delegada Leisaloma Carvalho, que conduz a investigação, informou que a suspeita de 13 anos, na verdade, teve apoio de várias pessoas para matar Fabiana e afogar o filho dela. Ela não demonstrou qualquer arrependimento enquanto prestava depoimento.

Local onde Gustavo e Fabiana foram assassinados em Porto Velho. — Foto: Diêgo Holanda/G1

Local onde Gustavo e Fabiana foram assassinados em Porto Velho. — Foto: Diêgo Holanda/G1

Onde está o atual companheiro de Fabiana?

A polícia ainda não informou se há pistas de onde o homem possa estar. Na Delegacia de Homicídios, a menina suspeita de cometer o duplo assassinato alegou que foi abusada em casa por ele. “Óbvio que isso vai ser checado posteriormente”, afirmou Leisaloma Carvalho.

Nesta segunda, o G1 conversou com o pai de Gustavo. Emocionado, o homem detalhou a relação que tinha com o filho e disse como encontrou o corpo de Fabiana.

Onde está a mãe do adolescente de 15 anos e o garimpeiro?

A mulher ainda é procurada pela polícia. Segundo Leisaloma Carvalho, ela não apareceu na delegacia até esta terça-feira (22).

Conforme as investigações iniciais, o bebê de 8 meses foi arrancado da barriga da mãe com uma faca. Ele seria entregue a mulher procurada que fingia estar grávida de um garimpeiro para “deixar de ser pobre”.

Ainda em depoimento, o menor comparsa afirmou que decidiu ajudar no assassinato porque queria ficar com o bebê de Fabiana. O recém-nascido está internado no Hospital de Base e não corre risco de vida.

“Ele diz que a mãe não participou do ato executório em si, mas que ele foi lá e que inclusive ajudou a cortar a barriga da vítima pra retirar a criança. Tudo isso vai ser checado, investigado de uma forma mais ampla pra gente poder individualizar a conduta de cada um”, reforçou Leisaloma.

Veja o resumo do caso:

  • corpo de Gustavo Henrique foi encontrado boiando no lago do loteamento no domingo (20);
  • Um dia depois, a mãe dele, Fabiana Pires Santana, de 23 anos, foi encontrada sem vida com parte do corpo enterrado na mesma região;
  • Segundo familiares, a mulher estava grávida de 8 meses e o corpo foi achado sem o bebê;
  • Na madrugada de terça-feira (22), a suspeita pelo então duplo assassinato foi apreendida. É uma menina, de 13 anos, irmã de Fabiana e tia de Gustavo;
  • Em depoimento, a irmã de Fabiana não demonstrou arrependimento pelo crime;
  • As investigações apontaram que a menina teve ajuda de um adolescente de 15 anos. Ele pegou o bebê da vítima;
  • O bebê foi encontrado e o adolescente apreendido. A criança segue internada no Hospital de Base de Porto Velho e o quadro clínico é estável;
  • Uma representação foi feita para que os suspeitos sejam internados;
  • A mãe do adolescente que pegou o bebê – agora suspeita de envolvimento no crime – é procurada pela polícia, que acredita que haja mais participantes no crime.
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento