Conectado por

Religião

Aprendizado requer perseverança


Compartilhe:

Publicado por

em

Não são raras as vezes que pensamos em desistir quando estamos passando por um período de novos desafios. Aprender dói, nos tira da zona de conforto e mexe com a nossa estabilidade. O medo, sentimento muito comum nessa circunstância, tenta minar a confiança necessária para que enfrentemos algo que está aparentemente acima da capacidade que temos. Assim, se não formos atentos, permitiremos que a ansiedade, o temor e o pessimismo nos atrapalhem, roubem a praticidade e impactem negativamente os nossos resultados.

Saber lidar com a sensação de frio na barriga e com os receios comuns quando o assunto envolve novos cenários e possíveis riscos é fundamental. Precisamos ter calma quando temos de trabalhar com algo que não dominamos completamente. Nesse contexto, é importante relaxar e saber que o domínio total e, consequentemente, a perícia e a excelência virão à medida que nos tornamos mais íntimos daquilo que estamos aprendendo. Tal processo exige tempo, requer esforço e empenho, força de vontade e muita repetição. Seja para aprender a dirigir um carro ou a pilotar um avião, seja para aprender a conviver com o cônjuge ou para cuidar de um filho, independentemente da situação, todo e qualquer aprendizado exigirá que tenhamos perseverança.

A pessoa perseverante tem uma persistência bastante forte, é tenaz e constante. Ela não desiste ao cometer o primeiro erro, mas o utiliza como um conhecimento adquirido. Assim, prossegue firmemente rumo à concretização de seu empreendimento, sem abandonar a meta. Não é à toa que grandes histórias de superação envolvem uma atitude perseverante. Você mesmo deve conhecer o testemunho de alguém que não se acovardou diante de barreiras gigantescas, mas com coragem e fé prosseguiu valorosamente, mesmo que em seu interior não houvesse completa sensação de tranquilidade e controle da situação. A perseverança é fundamental para que alcancemos vitórias.

“A perseverança é fundamental para que alcancemos vitórias.”

Se você está com o coração apertado porque está passando por novos aprendizados, não desanime. Tenha em mente que muitas pessoas já vivenciaram essa sensação. Acredite em seu potencial, em sua criatividade e inteligência. Mantenha a autoestima elevada e não permita que o medo torne essa experiência negativa. Pelo contrário, o utilize como ferramenta para fortalecer a resiliência, o equilíbrio emocional e a confiança em si. Em todos os momentos, conte com a ajuda de Deus e, em oração, peça-lhe serenidade para chegar ao término dessa fase vitorioso. Lembre-se que você pode alcançar completa desenvoltura naquilo que está aprendendo. O importante é não desistir! Siga adiante e alcance seus objetivos. 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *