Conectado por

Nacional

Após ser atraída por amiga, jovem é morta em “tribunal do crime”

Publicado por

em

Em Boa Vista, Roraima, dois homens foram presos e uma adolescente de 16 anos foi apreendida pela Polícia Militar, nessa sexta-feira (06/03), suspeitos de participarem da morte da jovem Alessandra Costa, de 17 anos, em um “tribunal do crime“. Ela foi vista pela última vez na manhã de terça-feira (03/03), quando saía de casa para a escola. As informações são do G1.

A menina de 16 anos, amiga da vítima, confessou participação no crime, após ser apontada como suspeita nas investigações. A adolescente levou a polícia até o local onde estava o corpo de Alessandra. Os outros dois jovens, de 18 e 20 anos, foram presos em flagrante pelo assassinato da estudante.

Conforme a perícia, a jovem teria sido morta por estrangulamento. Os autores ainda amarraram os braços e as pernas da vítima com um pano. Depois a levaram para uma área de mata, às margens do Anel Viário, e atearam fogo em seu corpo.

A polícia identificou mais dois suspeitos, que ainda não foram localizados.

Desconfiança
Segundo informações da Polícia Civil, Alessandra teria morrido porque um dos autores, que supostamente tinha um envolvimento com a vítima, achou que ela estava se aproximando dele com a intenção de atraí-lo para depois matá-lo.

A desconfiança começou após a garota contar que teve um relacionamento com um integrante de uma facção rival, com quem inclusive teve um filho.

O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML). Ele estava parcialmente carbonizado. Devido às condições, também serão realizados exames para identificar oficialmente se o corpo é de Alessandra.

FONTE: METROPOLES