Conectado por

Cuiabá-MT

Após PSL entrar na base do governo, Botelho garante que discussão sobre vice de Mauro terá início pelo DEM


Compartilhe:

Publicado por

em

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), garantiu ao Portal ODocumento que a primeira conversa do governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), sobre o cargo de vice caso dispute a reeleição, em 2022, será com o Democratas.

“É preciso construir um arco de aliança e discutir isso, primeiramente, dentro do próprio partido. Só depois disso abrir a conversa com outros partidos. Tem vários nomes bons aí, mas a discussão só vai ser no ano que vem. E o governador garantiu que a primeira conversa neste sentido será com o Democratas”, disse Botelho.

Conforme o parlamentar, “no ano que vem nós vamos colocar na balança o tamanho de cada um e, também, combinar com o povo, ver o que o povo quer. Não é só discutirmos e combinarmos dentro de um gabinete, nós temos que estar antenados com o apoio popular, com a vontade do povo”, destacou.

O parlamentar democrata falou da vinda do PSL para a base governamental. “O PSL vindo é bom, evidentemente, é um grande partido. Tem um tempo grande de tevê, tem um fundo partidário bom, claro que tudo ajuda neste momento. Agora, a questão de vice não foi discutida até esse momento. O governador me garantiu que só vai discutir isso no ano que vem”.

Botelho entende possível ainda, a dobradinha entre Mendes e Pivetta, repetindo a aliança da eleição de 2018. “Também acho possível repetir a dobradinha Mauro e Pivetta. O Pivetta foi um vice que ajudou muito o Mauro. Na verdade, vice é aquele que não perturba e o Pivetta não perturbou e ajudou o Mauro tocando secretaria, acompanhando a infraestrutura, educação, dando boas ideias. Ele contribuiu muito com o governo e pode sim, repetir a dose”.

Odocumento.com.br

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento