Conectado por

Acre

Após protesto, governo do Acre decide convocar professores por ordem de classificação


Compartilhe:

Publicado por

em

Após protesto na manhã desta sexta-feira (1), o governo do Acre decidiu que vai convocar os professores aprovados no concurso por ordem de classificação. A informação foi repassada pelo porta-voz do governo, Rogério Wenceslau.

Professores do quadro provisório do Acre protestaram em frente à Casa Civil, em Rio Branco, e pediram que o governo reveja a contratação dos servidores. Uma comissão se reuniu ainda nesta manhã com o governador, Procuradoria Geral do Estado, e secretário de Educação e chefe da Casa Civil para decidir sobre o impasse.

“O governador decidiu convocar por ordem de classificação como pediu o sindicato. E o ano letivo vai iniciar de acordo com o previsto”, ressaltou o porta-voz.

Início do ano letivo

A presidente do Sindicato dos Professores do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, falou que, com as contratações, o ano letivo – que iniciariam no próximo dia 11 – vai começar no dia 18.

“Se não ocorressem essas contratações teria dificuldades porque são mais de cinco mil professores. É uma falta enorme e o ano letivo vai começar só no dia 18 porque vão remarcar as contratações”, confirmou.

Ainda segundo Rosana, o governo precisa contratar mais de cinco mil professores provisórios para o ano letivo começar. Ela acrescentou que a categoria tenta desde dezembro do ano passado, quando saiu a classificação, conversar com a Secretaria de Educação.

“Ficou sensível à situação dos professores, entendeu que realmente a lei tem suas excepcionalidades e determinou que fossem contratados pela ordem de classificação, o que é muito bom”, concluiu.