Conectado por

Acre

Após cartório se negar a registrar bebê com nome de Bolt, Justiça do AC autoriza pais a usarem sobrenome de ex-velocista


Compartilhe:

Publicado por

em

Após recusa de cartório, a Justiça acreana autorizou o casal Francisco Teixeira da Cruz e Regilene dos Santos a registrar o filho com o sobrenome do bicampeão olímpico e mundial, o ex-velocista jamaicano Usain Bolt.

O pequeno Enzo Bolt está internado na Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco, desde que nasceu há quatro meses.

A criança nasceu no sexto mês de gestação e não tem certidão de nascimento. Isso porque o nome escolhido pelos pais não foi aceito pelo cartório.

A recusa começou na maternidade. De lá, a família foi procurar o 3º Tabelionato de Notas e 3º Registro Civil. A família chegou no cartório com apenas um papel da maternidade dizendo que a recusa teria sido por causa do sobrenome do bicampeão olímpico.

A espera para registrar o filho chegou ao fim nesta segunda-feira (16) após uma audiência. A mãe Regilene não pôde acompanhar porque está na maternidade com o filho, que saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na última sexta (13).

“Sexta-feira [20] já vamos registrar. Como estou na maternidade direto, ele [pai da criança] foi sozinho. Acabou de chegar. Fiquei apreensiva. Liguei e o homem não atendia, quando atendeu disse que quando chegasse a gente conversava. Fez surpresa”, detalhou.

Quem acompanhou a audiência mais apreensivo ainda foi o funcionário público e pai da criança, Francisco Cruz. Ele diz que a juíza do caso disse que não via problemas em registrar o menino com o sobrenome do ex-velocista.

“Até os 18 anos [vai ser esse nome] e depois, se quiser mudar o nome, já vai estar adulto e pode mudar. Fiquei muito feliz”, detalhou.

Saída da UTI

Regilene é só alegria por outro motivo. O filho deixou a UTI da maternidade na sexta, mas continua internado. Bolt já mama na própria mãe e reage bem o tratamento. No sexto mês, a pressão de Regilene subiu muito e ela foi levada para a maternidade.

A mãe do bebê precisou passar por uma cesárea de urgência devido a uma pré-eclâmpsia. O nasceu com um pouco mais de 1 quilo, e agora está com 1,8 quilo.

“Está no canguru. Fez exames hoje, mas ainda não saíram os resultados. Ele tem uma hérnia, vai precisar fazer cirurgia, mas não sei se vai ser agora”, destacou.

Filhos com nomes de atletas

Fã de esportes, o funcionário público Francisco da Cruz escolheu a dedo os nomes dos filhos. Um deles se chama Reltma da Cruz, inspirado no piloto argentino Carlos Reutemann. Tem ainda o Boniek da Cruz, jogador polonês, e Ferroni da Cruz, que o pai diz ser também o nome de um piloto da Fórmula 1. Ele disse que nunca enfrentou problemas para registrar os outros filhos.

“Nunca tive problema pra registrar os outros filhos. Tem ainda o Demogim, que peguei de um filme, e o Gleison, que é o mais comum”, explica.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *