Conectado por

Ariquemes

Após 15 dias sem médico atendimento retorna no hemocentro de Ariquemes, RO


Compartilhe:

Publicado por

em

O atendimento ao público para coleta de bolsas de sangue voltou ao normal nesta semana, no Hemocentro de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. Segundo a unidade, as coletas ficaram suspensas por 15 dias, pois o único médico do local estava de férias.

G1 mostrou no início de janeiro que uma das médicas que atendia no local pediu transferência para atuar em Buritis (RO), e com o isso, o Hemocentro ficou somente com um profissional para o atendimento. Então os dias de atendimento foram reduzidos para três dias na semana.

A situação se agravou na segunda quinzena de janeiro, quando o médico do local saiu de férias. Segundo o diretor da unidade, Luis Garcia, durante este período o Hemocentro teve prejuízos e precisou ser abastecido com bolsas de sangue de outros municípios.

“Nós tivemos que receber bolsas do hemocentro de Porto Velho para que a gente pudesse trabalhar. Nós recebíamos uma média de 10 a 15 doações por dia, então foram cerca de 150 bolsas que deixaram de ser colhidas e isso traz um prejuízo muito grande para nós”, destacou.

O estudante Eufrásio Souza da Rocha entende a importância de doar sangue e assim que soube que o Hemocentro havia retornado com os atendimentos, foi até o local para fazer a doação pela primeira vez.

Eufrásio Souza doou sangue pela primeira vez  — Foto: Reprodução/ Rede Amazônica

Eufrásio Souza doou sangue pela primeira vez — Foto: Reprodução/ Rede Amazônica

“É uma atitude que acho muito bacana e ainda pode salvar vidas. É um gesto fácil e que traz benefícios a várias pessoas”, frisou.

Já o servidor público, Silvério Gomes da Silva, trabalha e mora em Alto Paraíso (RO), que fica a cerca de 60 quilômetros, mas ele diz que frequentemente vai até Ariquemes e que sempre faz questão de visitar o Hemocentro para doar sangue.

“A gente precisa doar sangue sempre, pois tem tanta gente que precisa, então não é interessante para ninguém quando a coleta é interrompida. Mesmo morando em outra cidade eu sempre estou doando sangue, por que salvar vidas é muito importante”, comentou.

Silvério Gomes da Silva, mora em outra cidade, mas foi até Ariquemes para doar sangue  — Foto: Reprodução/ Rede Amazônica

Silvério Gomes da Silva, mora em outra cidade, mas foi até Ariquemes para doar sangue — Foto: Reprodução/ Rede Amazônica

Com o retorno do médico, o Hemocentro de Ariquemes ainda atenderá em dias reduzidos, sendo três vezes na semana, por conta da carga horária do profissional. Mas segundo a direção, o problema deve ser solucionado em breve com a contratação de um novo médico junto à Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron).

O Hemocentro de Ariquemes está localizado na Rua Cassiterita, 3613, Centro e o atendimento aos doadores acontece das 8h às 13h. ​

Atendimento retornou no Hemocentro de Ariquemes  — Foto: Reprodução/TV TEM

Atendimento retornou no Hemocentro de Ariquemes — Foto: Reprodução/TV TEM

Para realizar a doação de sangue é necessário ter entre 16 e 69 anos de idade, estar com documento com foto e bem alimentado. O doador deve ter 50 quilos ou mais e não pode ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, nem estar em uso de medicamentos.

Além disso, é recomendado que o doador tenha dormido pelo menos seis horas na noite anterior e evite alimentos gordurosos três horas antes da doação.