Conectado por

Amazonas

Amazonas registra mais de 1 mil novos casos de Covid-19 e total sobe para 74.537

Publicado por

em

O Amazonas registrou mais 1.007 casos confirmados do novo coronavírus, nesta sexta-feira (3), e, com isso, subiu para 74.537 o total de infectados, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). O boletim atual aponta que mais 25 óbitos foram confirmados para a Covid-19, elevando para 2.887 o total de mortes pela doença no estado.

Continua após a publicidade

Conforme o boletim, 60.743 pessoas já recuperaram da doença no Amazonas. Outras 10.907 que testaram positivo para o novo coronavírus estão internadas ou em isolamento domiciliar. Até quinta-feira (2), o Governo do Amazonas havia realizado 163.628 testes da Covid-19, entre rápidos e moleculares (RT-PCR).

No Amazonas, há 281 pacientes internados entre os casos confirmados de Covid-19, sendo 188 em leitos clínicos (19 na rede privada e 169 na rede pública) e 93 em UTI (24 na rede privada e 69 na rede pública). Há, ainda, outros 163 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 120 estão em leitos clínicos (14 na rede privada e 106 na rede pública) e 43 estão em UTI (13 na rede privada e 30 na rede pública).

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), na quinta-feira (2), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era de 54% e a taxa de UTI não-Covid era de 65%. Em relação aos leitos clínicos Covid, a taxa de ocupação estava em 45% nesta quinta, já os leitos não-Covid registravam 71% de ocupação. A maior ocupação de leitos registrada durante a pandemia foi de 96%, no final de abril.

Amazonas registrou queda nas taxas de internações por seis semanas seguidas, atingindo redução de 80%. No mês de junho, a capital amazonense apresentou redução de 60%, em três meses, no número de sepultamentos e cremações.

Durante a pandemia, o número de mortes na capital amazonense ficou 108% acima da média histórica. Em meio a um colapso funerário, simultânea com o colapso no sistema público de saúde do Estado, o maior cemitério público da capital teve caixões enterrados empilhados e em valas comuns.

O comércio na capital amazonense também voltou a funcionar desde o dia 1º de julho, quando o Governo do Amazonas iniciou o primeiro ciclo de reabertura gradual das atividades econômicas não essenciais. Desde lá, três ciclos já foram iniciados e o último está previsto para o dia 6 de julho.

Municípios no AM com Covid-19

Dos 74.537 casos confirmados no Amazonas até esta sexta-feira (3), 28.449 são de Manaus (38,17%) e 46.088 do interior do estado (61,83%). Envira é o único município do Amazonas sem casos confirmados de Covid-19.

Nesta edição, dez municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados deste boletim. Além da capital, 60 municípios têm casos confirmados:

  • Coari (4.205);
  • Manacapuru (3.161);
  • Tefé (2.841);
  • São Gabriel da Cachoeira (2.802);
  • Parintins (2.638);
  • Itacoatiara (1.580);
  • Benjamin Constant (1.462);
  • Tabatinga (1.469);
  • Iranduba (1.253);
  • Presidente Figueiredo (1.123);
  • Barcelos (1.198);
  • Maués (1.021);
  • Alvarães (1.019);
  • Santo Antônio do Içá (1.005);
  • Autazes (1.003);
  • Careiro Castanho (927);
  • Humaitá (901);
  • Tapauá (733);
  • Barreirinha (674);
  • São Paulo de Olivença (659);
  • Rio Preto da Eva (658);
  • Boca do Acre (652);
  • Lábrea (590);
  • Fonte Boa (588);
  • Anori (571);
  • Nova Olinda do Norte (552);
  • Atalaia do Norte (535);
  • Uarini (543);
  • Carauari (536);
  • Itapiranga (522);
  • Eirunepé (530);
  • Pauini (488);
  • Tonantins (481);
  • Guajará (455);
  • Beruri (449);
  • Borba (446);
  • Novo Aripuanã (437);
  • Urucurituba (433);
  • Amaturá (431);
  • Santa Isabel do Rio Negro (409);
  • Urucará (368);
  • Itamarati (363);
  • Anamã (297);
  • Manaquiri (283);
  • Japurá (274);
  • Jutaí (264);
  • São Sebastião do Uatumã (257);
  • Juruá (237);
  • Manicoré (234);
  • Boa Vista do Ramos (227);
  • Novo Airão (226);
  • Maraã (211);
  • Silves (163);
  • Nhamundá (155);
  • Caapiranga (154);
  • Codajás (153);
  • Canutama (93);
  • Careiro da Várzea (93);
  • Apuí (51);
  • Ipixuna (5).

Mortes por Covid-19

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.826 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 55 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 1.061.

Outros 95 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados. Dentre estes, 82 estão em investigação epidemiológica e 13 aguardando resultado laboratorial. Ao todo, 447 foram descartados para o novo coronavírus.

  • Manacapuru (128);
  • Coari (87);
  • Tefé (79);
  • Parintins (79);
  • Tabatinga (75);
  • Itacoatiara (54);
  • São Gabriel da Cachoeira (45);
  • Iranduba (43);
  • Maués (31);
  • Autazes (32);
  • Benjamin Constant (27);
  • Barcelos (24);
  • Presidente Figueiredo (20);
  • Nova Olinda do Norte (20);
  • Santo Antônio do Içá (19);
  • Humaitá (19);
  • São Paulo de Olivença (18);
  • Borba (18);
  • Fonte Boa (16);
  • Jutaí (15);
  • Tonantins (14);
  • Careiro Castanho (14);
  • Rio Preto da Eva (13);
  • Alvarães (13);
  • Manaquiri (12);
  • Anori (10);
  • Boca do Acre (10);
  • Novo Aripuanã (9);
  • Amaturá (8);
  • Uarini (8);
  • Barreirinha (7);
  • Lábrea (7);
  • Beruri (6);
  • Carauari (6);
  • Itapiranga (6);
  • Novo Airão (6);
  • Santa Isabel do Rio Negro (6);
  • Manicoré (6);
  • Nhamundá (5);
  • Urucará (5);
  • Silves (4);
  • Careiro da Várzea (4);
  • Caapiranga (4);
  • Pauini (4);
  • Urucurituba (4);
  • Tapauá (4);
  • Codajás (3);
  • Maraã (3);
  • Atalaia do Norte (2);
  • Boa Vista do Ramos (2);
  • Itamarati (2);
  • Guajará (1);
  • Japurá (1);
  • São Sebastião do Uatumã (1).

G1