Conectado por

Amazonas

AM: Deputada Alessandra homenageia professora que faz a diferença na educação de Iranduba

Publicado por

em

A professora Estelita Vasconcelos dos Santos, 68, foi a homenageada pela deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) com a Medalha do Mérito Legislativo Educacional Professora Ignês de Vasconcellos Dias. A solenidade de entrega da comenda aconteceu durante sessão especial na tarde desta quarta-feira, 16 de outubro, no plenário Ruy Araújo da Assembleia Legislativa do Amazonas.

Continua após a publicidade
<

Nascida em 4 de maio de 1951 na Costa do Iranduba, a professora Estelita começou na profissão dando aulas na Comunidade de Santa Luzia da Ilha do Baixio, em Iranduba. Além de atuar diretamente na formação dos estudantes na sala de aula, a homenageada foi gestora das escolas Mirandolina Nascimento e Cecilia Carneiro de Oliveira, ambas em Iranduba.

A professora também teve atuação na administração do município, ocupando o cargo de secretária de Assistência Social. Foi também coordenadora do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) e vereadora por quatro mandatos, além de ter sido presidente da Câmara Municipal de Iranduba por dois anos e concorrido ao cargo de vice-prefeita na chapa “O povo em primeiro lugar” nas eleições de 2012, quando terminou o pleito em segundo lugar.

Atualmente, Estelita é professora aposentada pelo Estado em uma cadeira e efetiva em uma cadeira pelo município, desempenhando atividades como coordenadora da Central de Livros Didáticos do município de Iranduba.

“Estou muito feliz porque hoje todos os deputados estão voltados à educação do interior. Eu estou muito feliz e não tenho palavras para agradecer por esse momento, só quero agradecer a Deus e a minha deputada Alessandra Campêlo por essa homenagem”, disse a professora Estelita.

A deputada Alessandra, que presidiu a sessão especial, enfatizou que a entrega da Medalha do Mérito Educacional para a professora  Estelita é o reconhecimento não só a ela, mas a todas as professoras e a todos os professores que dedicam suas vidas à formação dos estudantes, principalmente no interior.