Conectado por

Acre

Alunos fecham Via Chico Mendes em protesto contra a falta de segurança na escola


Compartilhe:

Publicado por

em

Com cartolinas nas mãos, estudantes, professores e pais de alunos da escola Sebastião Pedrosa, localizada no 2º Distrito de Rio Branco, no entorno da Arena da Floresta, fecharam a Via Chico Mendes manhã desta segunda-feira, 27, em protesto contra a falta de segurança no estabelecimento de ensino.

A escola Sebastião Pedrosa funciona no sistema de ensino integral. Ocorre que a cada dia, conforme relato de alunos, pais e professores, está difícil continuar estudando por causa da insegurança. Eles contam que há ocorrência constante, por exemplo, de furtos no prédio.

Outro dilema vivido por eles é a proposta da Secretaria de Educação de transparência dos alunos para outro prédio.

“Nós estamos nos sentindo desprotegido por causa da falta de segurança nas escolas. Nossa escola já foi depredada quatro vezes e todas as vezes que a Secretaria de Educação vem e repõe as fiações as pessoas de má índole vêm e roubam. Já é a quarta vez que acontece isso. Nenhuma providência até agora foi tomada. E querem fechar a escola e transferir para outro local. Nós não queremos que feche essa escola. Nós temos 28 projetos do Viver Ciência e nós estamos produzindo. Por que nós não temos segurança? Por que os gestores do Estado não garantem essa segurança pra gente em vez de fechar a escola?”, questiona o professor Henrique Nunes.

Lucinete Mendes da Silva é mãe de um aluno e está feliz com o desempenho escolar do filho, porém vive a incerteza da permanência dele na escola ao saber que pode ser obrigada a transferi-lo para outro estabelecimento.

“Nós não podemos ter nossos filhos transferidos para outras escolas. E os professores vão ficar onde? Vão fechar a escola? Não vão fechar a escola. Nós precisamos dessa escola. Nós não queremos nossos filhos na rua, nós queremos eles na escola. Tira essa escola e esse adolescentes vão fazer o quê?” disse Lucinete.