Conectado por

Acre

Alunos do curso de psicologia da Ufac criam cartilha para acolhimento de idosos durante a pandemia

Publicado por

em

Projeto começou a ser desenvolvido em junho deste ano e recebeu o nome de “Acolhimento à pessoa idosa: do fundo existencial ao sofrimento emocional.”

Alunos do 3º e 7º período do curso de psicologia da Universidade Federal do Acre (Ufac) criaram uma cartilha digital de acolhimento de pessoas idosas durante o período de pandemia de Covid-19 que contém várias orientações para este grupo e aborda assuntos como violência contra o idoso, depressão, vivência do luto, entre outros.

O projeto que começou a ser desenvolvido em junho deste ano recebeu o nome de “Acolhimento à pessoa idosa: do fundo existencial ao sofrimento emocional”, orientado pela professora Luciane Patrícia Yano. Ao todo, quatro estudantes desenvolveram as ações.

O objetivo é estudar, pesquisar e apresentar orientações acerca da vida adulta avançada. Em 99 páginas, a cartilha é recheada de orientações quanto ao cuidado em relação aos aspectos emocionais e o acolhimento psicológico à pessoa idosa, abordando ainda deficiência, ansiedade, suicídio na terceira idade e vivência do luto nos idosos.

Foram cinco meses de ações que resultaram, além da cartilha, em posts nas redes sociais nos quais eles orientam e estão também disponíveis para auxiliar em casos de dúvidas.

“O projeto é geral do curso de psicologia e possui vários eixos. O nosso eixo é o de acolhimento da pessoa idosa e tem como objetivo estudar, pesquisar e apresentar orientações a cerca da idade avançada. No final, com tudo que foi pesquisado pelo grupo, organizei a cartilha que é voltada para o acolhimento”, explica a estudante Mariana Andrade, que foi quem organizou a cartilha.

A cartilha foi publicada no site do acolhimento à pessoa idosa da Ufac e nas redes sociais do grupo. O material também se estende para qualquer pessoa que tenha interesse no assunto.

“Foi muito importante para o meu desenvolvimento acadêmico e pessoal, visto que através do estudo e pesquisa que realizamos para elaborar materiais que apresentam orientações acerca da vida adulta avançada, enfatizando o contexto da pandemia, nós promovemos desenvolvimento social, adquirimos aprendizado teórico e prático e praticamos o saber científico”, acrescentou.

Projeto faz parte das Ações Estratégicas de Prevenção e Enfrentamento ao Novo Coronavírus, coordenado pelo professor Leandro Amorim Rosa.

G1