Conectado por
Governo de Rondônia

Cuiabá-MT

Aluna joga garrafa em rosto de funcionário de escola que se negou a desligar ar-condicionado em MT

Publicado por

em


Continua após a publicidade

O funcionário da Escola Estadual Licínio Monteiro da Silva, que fica em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, procurou a polícia depois de ser agredido por uma aluna da instituição. Segundo a polícia, a estudante de 15 anos jogou uma garrafa de água no rosto do servidor, que havia se negado a desligar o ar-condicionado da sala de aula.

Em nota, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc-MT) informou que deve se reunir com os pais da aluna e representantes da escola.

A polícia ouviu alguns funcionários da escola e testemunhas envolvidas no caso.

Segundo os policiais, a confusão começou quando a aluna sentiu frio e pediu que desligassem o ar-condicionado.

A maioria dos colegas pediu que o equipamento ficasse ligado. Um dos alunos chegou a oferecer um casaco. O funcionário, seguindo a decisão do alunos, não desligou o ar-condicionado.

Na ocasião, ela pegou a garrafa de água e arremessou no rosto do funcionário.

Ainda em nota, o governo afirmou que as unidades escolares seguem orientações e protocolos em casos de agressão e violência no ambiente escolar. Entre eles, realizar boletins de ocorrência, convocar os responsáveis e comunicar a Seduc.