Conectado por

AL/MT

ALMT-Projeto aposta em adaptação de estudantes a tecnologia avançada


Compartilhe:

Publicado por

em

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) é o autor do Projeto de Lei (PL 473/2021) que institui a ‘política estadual de educação 5.0’ nas escolas públicas.  Trata-se de um incentivo à inserção dos estudantes de diferentes níveis à realidade de informatização dos diversos setores da sociedade.   A ideia é proporcionar uma educação de excelência baseada no processo de Inovação do ensino nas escolas da educação básica nas três etapas: educação infantil, ensino fundamental I e II, e ensino médio. A proposta foi protocolada no dia 9 deste mês.

“Essa nova forma de aprendizagem irá tornar o ambiente de sala de aula mais interativo, convidativo, enriquecido e propiciador de oferecer suporte ao desenvolvimento de competências, valores, conhecimento teórico integrado ao prático, habilidades e atitudes”, justifica o parlamentar.

Histórico – A ideia da educação 5.0 surgiu tendo em vista as mudanças provocadas pelos recentes avanços tecnológicos que deram origem à quarta Revolução Industrial.

Esses termos definem a era atual, em que a inovação tecnológica revoluciona completamente a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos, com a popularização de artifícios como: a inteligência artificial, a robótica, a internet das coisas, a realidade aumentada, a impressão 3D, a nanotecnologia (manipulação de átomos e moléculas) e a biotecnologia (tecnologia que manipula DNA).

A proposta da educação 5.0 se baseia em quatro pilares referenciais que buscam um processo de ensino continuado, que permite que os interesses dos alunos sejam considerados e abordados no processo de aprendizagem: modelo sistêmico de educação, mudança do senso comum, engenharia e gestão do conhecimento e cibercultura.

Al.mt.gov.br