Conectado por

Política

Alcolumbre quer votar todos os vetos presidenciais nesta quarta


Compartilhe:

Publicado por

em

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), quer votar todos os vetos presidenciais na sessão do Congresso Nacional desta quarta-feira (04/03), para destrancar a pauta e deixá-la livre para a análise, na semana que vem, dos Projetos de Lei do Congresso Nacional (PLNs) que regulamentam o Orçamento Impositivo.

Na última terça-feira (03/03), o governo enviou projeto com regras para o orçamento impositivo aos parlamentares como gesto de pacificação para que os vetos do presidente não fossem derrubados.

Em conversa com jornalistas após a sessão extraordinária que aprovou a Medida Provisória 897/2019, conhecida como MP do crédito rural, o democrata confirmou que colocou os demais vetos em pauta na manhã desta quarta.

A intenção dele é aprovar os quatro destaques ao veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao Orçamento Impositivo e, se houver tempo hábil, concluir a análise dos demais – o presidente vai propor acordo para que eles sejam votados todos juntos.

Presidência
Na última terça-feira (03/03), ao anunciar que pretendia votar também os PLNs após o veto 52, o presidente foi confrontado por parlamentares, que lembraram que os vetos trancam a pauta e que, por isso, deveriam ser analisados antes dos projetos.

Davi também comentou a manifestação de Bolsonaro de que não fez acordo com o Congresso para a manutenção do veto.

Para ele, a fala do presidente não atrapalhou a votação do veto na terça-feira e reforça que houve entendimento entre as partes. “O governo disse que nada muda a execução orçamentária. É aquilo, os PLNs de regulamentação que pleiteamos para corrigir as distorções. Então governo está atendido, Impositivo está atendido”, afirmou.