Conectado por

Agronegócios

AGROBALSAS 2019 – Feira fatura mais de R$ 1 bilhão e se consolida como diretriz do agronegócio na região


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Por Antônio Oliveira – A edição deste ano do Agrobalsas (feira de agrotecnologia realizada em Balsas, no sul do Maranhão), registrou um movimento financeiro da ordem de R$ 1.152.861, 250,00 (hum bilhão, cento e cinqüenta e dois milhões, 861 mil e 250 reais), um crescimento de 60% em relação a movimentação financeira registrada no ano passado, que foi de R$ 735 milhões.  Da edição de 2017, quando foram comercializados R$ 470 milhões, até a edição deste ano, o crescimento foi de quase 300%. Estes dados foram repassados no final desta manhã pela superintendente da Fundação de Apoio a Pesquisa no Corredor Norte de Exportação (Fapcen), que promove o evento, Gisela Introvini.

Os seguimentos que mais venderam foram, pela ordem, o agronegócio, com mais de R$ 814 milhões; o setor de máquinas e implementos, com mais de R$ 150 milhões; veículos leves, mais de R$ 80 milhões,  e caminhões, mais de R$ 64 milhões. O público foi de 180 mil pessoas, dos quais 7 mil crianças/estudantes e 568 marcas expostas.

Para Gisela Introvini, estes números refletem a realidade dos agronegócios e seus empreendedores na região de Balsas, ou seja, pujante.

– O que nos encanta é o Agrobalsas ser uma grande semente do desenvolvimento do Maranhão, pois se a agricultura aqui cresceu foi graças a este planejamento antecipado do futuro, onde os agricultores seguem os caminhos do proposto em cada edição – disse Introvini.

Ainda conforme a Superintendente, “se o agro e os municípios  agrícolas não tiver o governo mais perto e participativo, aguardando uma projeção maior a cada ano, unindo esforços em torno do bem comum, ficaremos estagnados perante a outros estados da Federação com imensas diferenças sociais”.

– E é justamente cuidar deste todo que nos traz satisfação em poder modificar costumes, velhos pensamentos e ter atitudes diferenciadas sendo seguida por muitos – comentou.

Gisela diz ainda que “a missão, mais uma vez, foi  cumprida. Mas ese quisermos atrair investidores, tem que se  concluir a tão sonhada logística que envolve estradas, aeroporto e melhoria nas cidades que abrigam os agronegócio.

– Pois campo a avançou, os produtores fizeram a sua parte, produzem, preservam e incluem pessoas – pontuou.

( cerradoeditora.com.br )

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 4 =

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento