Conectado por

Porto Velho

Agentes de saúde de Porto Velho fazem bloqueio para conter focos da dengue


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Divisão de Controle de Vetores foi aos bairros Areal e Baixa da União, após notificação de infectados

Agentes de combate às endemias do município de Porto Velho estão em trabalho de bloqueio nas localidades com casos positivos de dengue, zika e chikungunya. Eles estiveram nos bairros Areal e Baixa da União, após notificação positiva de dengue e um caso de febre chikungunya.

Nestes bairros foi realizado o trabalho de educação e saúde, com orientações do Ministério da Saúde, e eliminados possíveis criadouros de Aedes Aegypti, o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. É desta forma que ocorre o bloqueio para evitar a expansão dos focos de disseminação das doenças.

O trabalho é feito por uma equipe composta por 13 agentes de combate às endemias da Divisão de Controle de Vetores (DCV) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Na terça-feira (10), a equipe esteve no entorno da rua José de Alencar, entre as ruas Alexandre Guimarães e Raimundo Cantuária.

Seguindo os casos positivos, os próximos trabalhos se concentrarão nos bairros Aponiã, Nova Porto Velho e São Francisco.

Os casos positivos são extraídos do Sinan (Sistema de Informação de Agravos e Notificação) que acompanha os casos positivos do município.

“Se todos não tomarem cuidado para manter seus imóveis livres de criadouros do mosquito, uma das consequências é a morte”, explica o supervisor de equipe do DCV, Domingos Cavalcante, sobre a orientação que os profissionais passam aos moradores.

CONTROLE

Uma varredura para detectar focos do mosquito pode ser feita em 15 minutos

Uma varredura para detectar focos do mosquito pode ser feita em 15 minutos

O controle do mosquito causador das doenças inclui visitas quinzenais a pontos estratégicos, como oficinas mecânicas, lava-jatos, ferros-velhos, pontos de reciclagem, borracharias, cemitérios e terrenos baldios. A varredura para detectar focos do mosquito pode ser feita em menos de 15 minutos.

CUIDADOS

As orientações para evitar o surgimento dos focos de larvas do mosquito são: manter tonéis e caixas d’águas tampadas, calhas limpas, garrafas vazias viradas para baixo, lixeiras bem tampadas, ralos limpos e com aplicação de tela, limpar semanalmente ou preencher pratos de vasos de plantas com areia, retirar água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupas e manter quintal limpo. Locais com acúmulo de água devem estar sempre vedados.

Algumas plantas, como a bromélia e babosa, também precisam de atenção especial, pois têm cavidades propícias para reter água.

Texto: Carlos Sabino
Foto: Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Prefeitura de Porto Velho

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento