Conectado por
Governo de Rondônia

Polícia

Acusado de estuprar e engravidar enteada a trancava em casa e impedia de ir a escola

Publicado por

em


Continua após a publicidade

A.L.G., 59 anos, acusado de abusar sexualmente da enteada por mais de nove anos e preso em flagrante pela Polícia Judiciária Civil (PJC), em Confresa (1.160 quilômetros de Cuiabá), impedia que a vítima saísse de casa e estudasse. A adolescente, que hoje tem 15 anos, está grávida de sete meses do acusado.
 
A vítima contou que sua mãe soube dos abusos há pouco tempo e desde então o suspeito vem ameaçando de morte as duas, uma vez que ele possui uma arma de fogo dentro de casa. Durante as diligências, o homem foi flagrado com uma pistola PT58, calibre 380, um carregador com 12 munições e mais 7 munições avulsas, todas intactas.
 
Segundo a adolescente, há dois anos o padrasto a impede de ir a escola e somente quando ele viaja, ela consegue sair de casa. A.L.G. ameaçava a enteada para que ela não contasse sobre os abusos e foi autuado em flagrante pelos crimes de estupro majorado, lesão corporal no âmbito doméstico, ameaça, cárcere privado,
 
A prisão do suspeito aconteceu após a vítima, adolescente de 15 anos, procurar a Delegacia de Confresa para comunicar que desde dos 6 anos de idade era abusada sexualmente pelo seu padrasto. A menor está grávida de 7 meses, sendo o filho resultado dos abusos praticados pelo suspeito.
 
O caso
 
A Polícia Judiciária Civil (PJC) prendeu em flagrante, na última quarta-feira (1), um homem acusado de abusar sexualmente da enteada por mais de nove anos. A vítima, atualmente com 15 anos, está grávida de sete meses do padrasto e era abusada desde os seis anos de idade. O fato foi registrado em Confresa (1.160 quilômetros de Cuiabá).