Conectado por

Mato Grosso

Acrismat se reúne com prefeituras de Primavera do Leste e Campo Verde


Compartilhe:

Publicado por

em

Questão ambiental e capacitação técnica foram os principais temas da agenda

Representantes da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) e das prefeituras municipais de Primavera do Leste e de Campo Verde se reuniram esta semana para estreitar o relacionamento e tratar de questões ambientais e sanitárias relacionadas à atividade. Foram os primeiros de uma série de encontros esperados para o alinhamento de ações que visam o desenvolvimento sustentável da suinocultura no Estado e ampliar a capacitação técnica dos produtores.

O primeiro encontro, realizado virtualmente, ocorreu na quarta-feira (09.09) com a gestão municipal de Primavera do Leste, a 243 km de Cuiabá. O diretor-executivo da Acrismat, Custódio Rodrigues e o médico veterinário da entidade, Igor Queiroz Silva se encontraram com o secretário municipal de Meio Ambiente, Henrique Amaral, e os técnicos da pasta Alan Nogueira e Robson Frantz. “Esta primeira reunião foi para apresentar a situação e a realidade da suinocultura e alinhar algumas ações voltadas para cursos de capacitação. A expectativa é que em breve possamos iniciar os projetos”, afirmou Custódio Rodrigues.

Na quinta-feira (10.09), a agenda foi com o prefeito de Campo Verde, Fábio Schroeter e com o secretário municipal de Desenvolvimento Agrícola e Meio Ambiente, José Aparecido de Lima. Na cidade (a 140 km da Capital), a secretaria de Meio Ambiente foi descentralizada e a Acrismat se colocou à disposição do município para auxiliar a Pasta a definir os critérios, especialmente relacionados aos números da suinocultura, para o desenvolvimento da atividade.

“A Acrismat e os suinocultores desenvolvem suas atividades cumprindo rigorosamente as exigências municipais, com todas as licenças necessárias. Estar perto da gestão municipal e ter a oportunidade de mostrar as nossas necessidades na formatação de regras ambientais é muito importante e ajuda no desenvolvimento da atividade”, pontua o diretor-executivo da associação. Também participou da reunião o diretor-tesoureiro, Raulino Teixeira, e a engenheira agrônoma e consultora ambiental, Márcia Cintra, da Acrismat.

A expectativa da Acrismat é que novas agendas sejam marcadas para encaminhar o tema, com continuidade na nova gestão municipal em 2021.

ASSESSORIA