Conectado por

Acre

Acre é destaque vergonhoso por liderar feminicídio no país


Compartilhe:

Publicado por

em

O Monitor da Violência mostrou nesta sexta-feira, 8, Dia Internacional da Mulher, que o Acre é o estado com a maior taxa de feminicídio no Brasil, com 3,2 mortes a cada 100 mil habitantes. Feminicídio é o assassinato de mulheres pelo fato de serem mulheres.

O Monitor da Violência é uma plataforma do G1 e o Acre virou destaque no principais telejornais pelos números absurdos vividos pela população. O Monitor lembra que desde 9 de março de 2015, a legislação prevê penalidades mais graves para homicídios que se encaixam na definição de feminicídio – ou seja, que envolvam “violência doméstica e familiar e/ou menosprezo ou discriminação à condição de mulher”. Os casos mais comuns desses assassinatos ocorrem por motivos como a separação.

A situação do Acre vai na contramão do País: o Brasil teve 4.254 homicídios dolosos de mulheres em 2018 (uma redução de 6,7% em relação ao ano anterior).

A reportagem buscou contato com autoridades e ativistas para comentarem os dados relacionados ao Acre mas não obteve sucesso.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *