Conectado por

Acre

Acompanhantes dormem no chão de observação do Pronto Socorro de Rio Branco


Compartilhe:

Publicado por

em

Os pacientes e acompanhantes do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) estão passando dias difíceis na unidade pública de saúde. Acompanhantes são obrigados a dormir no chão da ala hospitalar, porque não há sequer cadeiras suficientes ao repouso dos familiares dos pacientes.

Imagens enviadas na madrugada desta quarta-feira, dia 27, ao ac24horas, mostram usuários do hospital deitados e embrulhados no chão da Observação Adulto, no corredor principal do hospital central. Alguns deles demarcam o local com lençóis para evitar contato com a sujeira do chão.

O Huerb tem sido alvo contínuo de reclamações dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no Acre, isso porque é o único hospital de emergência da Capital. Na noite de segunda-feira, dia 26, uma paciente com crise de vesícula e apendicite esporou por várias horas para ser atendida.

Outro problema da ala de observação do Huerb é que o espaço é pequeno para receber tantos pacientes. As macas que estão no local recebem os pacientes. Não há camas para o conforto dos enfermos, e os acompanhantes precisam ficar em cadeiras plásticas, quando há, ao lado dos pacientes.

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento