Conectado por

Rondônia

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto “Posso escolher”


Compartilhe:

Publicado por

em

Nesta quarta-feira (21), acadêmicos do curso de Biomedicina da FIMCA participaram do projeto “Posso escolher”, realizado pela Prefeitura de Porto Velho para colocação do dispositivo intra-uterino (DIU) pela rede municipal de saúde. O projeto contará com a participação os estudantes também nos dias 22 e 26.
O projeto, desenvolvido pela Coordenação em Saúde da Mulher, busca trabalhar o planejamento familiar, no Centro de Referência em Saúde da Mulher, tem como objetivo realizar 120 atendimentos em mulheres que tenham interesse de colocar o DIU de cobre pelo SUS.
As mulheres precisam passar por testes rápidos e testes de gravidez, para comprovar que estão aptas para a inserção do dispositivo, pois há contra-indicações. É aí que entra a participação dos acadêmicos de Biomedicina da FIMCA. Eles estão realizando triagem das infeções sexualmente transmissíveis da população feminina que pretende colocar o dispositivo.
Um dos acadêmicos participantes é Hillquias Monteiro Moreira, do 8º período de Biomedicina. Segundo ele, a participação no projeto é uma oportunidade de viver na prática a teoria vista em sala de aula. “Além de estarmos contribuindo com o projeto aprendemos como é a rotina da nossa futura profissão”, relata.
O coordenador do curso de Biomedicina, Luan Botelho, destaca a importância deste tipo de atividade para os alunos. “Eles estão prestando um serviço sério e real para a comunidade. Isso aproxima e prepara o acadêmico para o serviço de saúde oferecido no sistema único de saúde. Essas ações capacitam os acadêmico a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo”, conta.