Conectado por

Religião

A Rede Globo e os seus disfarces – Por Elza Amorim Carvalho

Publicado por

em

Tem casos que não me convém arguir, porém, tem outros que, como atalaia de Deus eu me sinto na obrigaçao  de falar.
Eu tenho assistido alguns jornais, e tenho visto a divergência com que as mesmas informações são passadas para a Sociedade.

E, o que eu tenho percebido é que, de certa forma, há um empenho terrível da Rede Globo para embutir na mente das pessoas o medo.
Essa frase “fiquem em casa” virou um slogan macabro, assustador.
Todos sabem que a situação que abrange  o Brasil e o mundo é séria, mas a vida não para, precisamos seguir em frente mesmo que com lutas e perdas.

Há uma atmosfera muito pesada na transmissão das notícias sobre a pandemia, pelo menos nos jornais que eu assisto junto a Rede Globo.
Dá a entender que o intuíto é deixar as pessoas apavoradas, vulneráveis, com o emocional fragilizado, acuadas, sem altitudes, suscetíveis a manobras.
Uma verdadeira manipulação psicológica.
Porque, as mesmas notícias, eu ouço e vejo em outros jornais, mas a sensação que sinto é bem diferente, não pavor, medo, há a seriedade da situação que de fato há.

Tem bons jornalistas na Rede Globo? Óbvio que tem!
Mas parece que alguns foram treinados para fazer lavagem celebral junto a Sociedade.
Até o jornalismo local está  procedendo de igual forma,  mexendo com os nervos das pessoas.
Sendo que, o papel jornalístico é deixar as pessoas bem informadas, e encorajadas para seguir em frente.
Nunca acuadas, dominadas pelo medo.

Percebe-se, também, que existe certo favoritismo em prol daqueles que ditam as normas, quando estas normas condizem com os seus objetivos.
Questiono-me:
Estes que dizem que as pessoas não devem ficar aglomeradas, será que eles tem noção que grande parte da população vivem aglomeradas, amontoadas?
Acaso, no ponto de vista destes, eles contam  os bairros pobres, as favelas?
Lá, as pessoas vivem literalmente em aglomeração.
Tem-se que lavar as mãos constantemente, sim, isto é higiene. Mas será que se dão conta que tem milhares de pessoas  que nem tem água limpa para beber?
Outra coisa:
Fiquem em casa, fiquem em casa, vá pra casa. Esta frase é uma afronta, um desrespeito a tantos que não tem aonde reclinar as suas cabeças.
Não deveriam estes,  primeiro, empenharem-se para resolver estes problemas para depois utilizar as frases prontas e impor as suas decisões ?
A realidade é bem diferente daquelas que a midia apresenta.

Fala-se, distanciamento social, palavras bonitas, mas elas estão servindo para tirar apenas o emprego e a liberdade do povo, pois, a grande maioria tem a mesma parede dividindo as suas casas?
É muito fácil falar com seus  empregos garantidos e aparecendo nas midias como mandantes.
Façam estes, jornalistas e autoridades, perderem os seus empregos, ou cargos, e tire-lhes as suas economias financeiras, coloque-os para morar dentro de quatro cômodos pequenos com mais dez pessoas para ver qual será a reação deles depois de uma semana.

Porque também, não se manifestaram  assim antes do carnaval ? Não sabiam que a pandemia já estava na porta?
Agora impõem severa reclusão para prejudicar quem mais precisa dos seus empregos.
E na época da copa, porque não construíram  hospitais ao invés de construírem estádios que nem em uso estão. Não foi cogitado isto?
Porque não houve quem tomasse partido?

Parece-me, ainda, que a Rede Globo fica catando os casos que envolva o coronavírus nos cantos do planeta para anunciar, só para enfatizar as pessoas a ficarem em casa.
Penso, quantas outras pessoas morreram neste mesmo dia por outros vários motivos, e porque não dizem nada.
Só quem morre por coronavírus, morrem?
Todos os dias morrem milhões de pessoas, e não é por coronavírus, porquê não há tamanho empenho para salvá-las também?

Sem mencionar a contradição que envolvem o Jornal da Rede Globo, que tantas vezes, ponha agente para questionar alguns pontos.
Ora, é dado ênfase que o povo devem ficar em casa.
Articulam para que o comércio fiquem fechado, e depois destacam que o número de despregados no Brasil aumentou. Óbvio !
Que loucura.
Acaso a população não está parada, não é isto que querem?!
Estes, não estão concomitantes com o fechamento do comércio, das empresas, não é para o povo ficar em casa?
O que eu percebo realmente, é que, há por parte da Rede Globo, uma influente tentativa de jogar o povo contra o atual Presidente da República Brasileira,  ou seja, há  muito mais o desejo de derrubar o Presidente do que  informar ou ajudar a população .

Fiquemos atentos.

Pra Elza Amorim Carvalho
elzacarvalho68@gmail.com
# redes sociais.