Conectado por

Acre

A pedido de Gladson Cameli, Acre pode sediar etapa nacional dos Jogos da Juventude


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Em reunião com o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho, e o vice-presidente, Robson Aguiar, realizada nesta sexta-feira, 21, em Rio Branco, o governador Gladson Cameli ofereceu apoio institucional do Estado para que o Acre seja sede nacional de uma das 16 modalidades dos Jogos da Juventude 2022.

O evento promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) reúne, anualmente, cerca de 4,5 mil atletas, com até 17 anos de idade, de escolas públicas e particulares dos 26 estados e Distrito Federal. Em 2022, Aracaju, capital de Sergipe, foi escolhida como sede das competições. A intenção é que a disputa do vôlei de praia possa ocorrer em Rio Branco, no mês de novembro.

“O governo do Estado tem total condições de oferecer todo apoio logístico e o que mais for preciso para que possamos receber nossos atletas do Brasil inteiro aqui no nosso estado. Sabemos da importância de incentivar o esporte e poder receber uma das modalidades dos Jogos da Juventude seria uma honra da nossa parte”, enfatizou o governador.

Governador Gladson Cameli colocou estrutura do Estado à disposição para sediar competição nacional. Foto: Marcos Vicentti/Secom

A proposta foi recebida com entusiasmo pelo presidente da CBDE. Segundo Hora Filho, a viabilidade da solicitação apresentada por Gladson Cameli será analisada pela organização do evento esportivo em caráter de urgência, já que o evento mobilizará estudantes de todas as regiões do país.

“Diante deste pedido, temos que reavaliar nosso planejamento estratégico e planilhar todo investimento necessário para que essa modalidade seja realizada em Rio Branco. Mas quando a entidade encontra um governador disposto a ajudar e há competência técnica de sua equipe, esse é um ambiente favorável”, avaliou.

Hora Filho confirmou que solicitação do governador será analisada com urgência. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Presente no encontro, o chefe do Departamento de Esportes da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Júnior Santiago, classificou a possibilidade como um momento histórico para o Acre. “A vinda de uma competição nacional, que serve como seletiva internacional, para o nosso estado é grandiosa, ainda mais porque temos atletas do vôlei de praia que conquistaram medalhas de ouro na última edição dos Jebs [Jogos Escolares Brasileiros]. Agradecemos muito o governador Gladson Cameli por sua ousadia e, agora, vamos trabalhar para que isso se torne realidade”, declarou.

Agencia.ac.gov.br

Publicidade
Betfair

ALE-RO

ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento