Conectado por

Religião

A intimidade com Deus tem um custo – Por Pr. Sérgio Fernandes


Compartilhe:

Publicado por

em

Filipenses 1:6 – Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo;

Cristo convida cada discípulo a permanecer nEle para a frutificação.

Entendemos pela revelação que há na Escritura que é Deus quem nos conserva salvos em Cristo pela obra que Ele executará até o fim em nossas vidas (Fp 1.6) e pelo seu poder de nos manter conservados diante dEle (Jd 1).

Embora esse poder atue perfeitamente em nós, Jesus manda seus discípulos exercerem o seu papel no ato de permanecer nEle. Entendemos, a luz do contexto, que embora a salvação seja obra de Cristo do começo ao fim, consumada de uma vez por todas na cruz do Calvário, é papel individual do discípulo se empenhar em viver

diante de Cristo, exercendo as disciplinas cristãs (a leitura bíblica, a

oração, o jejum, a evangelização, a caridade) de modo a mortificar as obras da carne e desenvolver pelo poder de Deus o fruto do Espírito em sua vida.

A salvação é de graça e somente pela graça, mas o disciplinado e a vida cristã profunda custarão toda a sua vida e todo o seu empenho. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *