Conectado por

Religião

A alegria humana e a alegria divina


Compartilhe:

Publicado por

em

Deus… contudo, não se deixou a si mesmo sem testemunho, beneficiando-vos lá do céu, dando-nos chuvas e tempos frutíferos, enchendo de mantimento e de alegria os nossos corações. Ao qual, não o havendo visto… mas crendo, vos alegrais com gozo indescritível e glorioso. (Atos 14:15,17; 1 Pedro 1:8).

Na Bíblia, a alegria e a felicidade são mencionadas mais de 800 vezes. Isso significa que a Bíblia contém uma mensagem essencial para termos uma vida feliz.

As simples alegrias da vida fazem parte do plano de Deus para o homem. É Ele quem nos dá as mesmas. Por exemplo, a alegria produzida pela colheita, uma comida, o nascimento dum bebe, a alegria que experimentamos diante da beleza da natureza. Geralmente, o Senhor Jesus anunciou o reino de Deus usando essas simples alegrias. Temos sabido nos alegrar com simplicidade e frescor diante das múltiplas bênçãos que Deus nos dá a cada dia?

Sem dúvida, Deus nos convida a ir mais adiante, a não pararmos no caráter humano da alegria que recebemos. Nossas alegrias assumem suas verdadeiras dimensões quando são vividas no relacionamento com Deus, pois a alegria do cristão é antes de tudo uma alegria espiritual. É a alegria de conhecer a Deus como Pai. Quando estamos conscientes de Seu amor, nossos temores e lágrimas se apagam para deixar espaço para a alegria de sermos amados por Deus e de poder chamá-Lo: “Pai!”

Essa alegria é mais elevada que todas as alegrias humanas. Para gozarmos da mesma devemos ir até a fonte, o Deus bem-aventurado. Agindo assim pela fé, nasce em nossa vida a alegria perfeita de Cristo, quer dizer, aquela que nunca deixará de existir.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *