Conectado por

Concursos

A Agência Nacional das Águas (ANA) vai abrir 88 vagas para profissionais de nível médio e superior 2018/2019


Compartilhe:

Publicado por

em

A Agência Nacional das Águas (ANA), com sede em Brasília, no Distrito Federal, se aproxima da realização de seu novo concurso público. O órgão solicitou ao Ministério do Planejamento a abertura de pelo menos 88 novas vagas.

Para nível médio foram solicitadas nove vagas para o cargo de Técnico Administrativo. Para nível superior serão 41 vagas para Especialista em Recursos Hídricos, 37 vagas para Analista Administrativo e 01 vaga para Especialista em Geoprocessamento. As vagas de nível superior são para áreas específicas e também para quem for graduado em qualquer outro curso superior.

A remuneração será de aproximadamente R$ 7.474,67 para Técnico, de R$ 14.265,57 para Analista e de R$ 15.516,12 para Especialista. Nestas remunerações já está incluso o auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00 e a Gratificação de Desempenho de Recursos Hídricos (GDRH).

O pedido de abertura de concurso público ao MPDG aconteceu em maio de 2017, mas o fato que é continua passando por tramitações. Ou seja, é um processo que corre lentamente…

A Agência Nacional de Águas (ANA) é uma das agências reguladoras do Brasil e está vinculada ao Ministério do Meio Ambiente (MMA). Ela foi criada no ano de 2000 com o objetivo de fazer cumprir as diretrizes da Lei das Águas do Brasil.

O órgão também regula o uso dos recursos hídricos que fazem parte da União (como aqueles que passam por mais de um estado). Outra atividade da ANA é a regulação da concessão dos serviços públicos de irrigação, sendo também responsável pela realização do Fórum Mundial da Água.

Em 2018, o fórum realizou a sua 8ª edição que ocorreu no Centro de Convenções Ulisses Guimarães e no Estádio Nacional Mané Garrincha em Brasília.

Últimos concursos

  • O concurso de 2008

O último concurso para cargos de nível superior aconteceu no ano de 2008, realizado pela ESAF com o propósito de preencher 152 vagas, sendo 100 para Especialista em Recursos Hídricos, 12 vagas para Especialista em Geoprocessamento e 40 vagas para Analista Administrativo.

Para os três cargos puderam participar candidatos graduados em qualquer curso de graduação, mas para o cargo de Analista Administrativo também teve vagas específicas para as áreas de Administração, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comunicação Social e Tecnologia da Informação e Comunicação.

As provas para estes cargos envolveram 100 questões objetivas e 1 questão dissertativa. As questões envolveram Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Raciocínio Lógico, Ética na Administração Pública, Recursos Hídricos – Legislação Aplicada, Direito Constitucional e Administrativo e Conhecimentos Específicos.

Os candidatos aprovados e convocados para os cargos de Especialista em Recursos Hídricos e em Geoprocessamento iriam passar por um curso de formação. Esse curso tinha duração de 320 horas e era eliminatório, possibilitando aos aprovados terem os conhecimentos necessários ao futuro desempenho de suas atividades, baseados na Política Nacional de Recursos Hídricos.

  • O concurso de 2012

Em 2012, a Cetro Concursos realizou o certame específico para o cargo de Técnico Administrativo, que acabou sendo válido até 2017, já considerando a prorrogação. Apesar das vagas serem destinadas para a sede em Brasília, as provas aconteceram em todas as capitais do Brasil.

Naquela ocasião foram 27.596 candidatos para concorrer às 45 vagas em disputa, o que deu uma concorrência de 613 candidatos por vaga. Os candidatos realizaram uma prova composta por 50 questões objetivas e por 1 questão dissertativa. As questões versaram sobre Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Ética, Noções de Informática, Legislação Aplicada à ANA, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Administrativo.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *