Conectado por

Alimentação

8 passos para aderir a alimentação natural e ser mais saudável no dia a dia


Compartilhe:

Publicado por

em

Ganhar mais energia, ter boa disposição, ficar com o humor estável, dormir melhor. Todos esses benefícios são frutos de um estilo de vida saudável, que inclui uma alimentação natural diariamente. Nesse sentido, começar pelos alimentos é o primeiro passo para conquistar mais bem-estar e evitar problemas de saúde.

Muitos dos problemas de saúde como má circulação de sangue, falta de energia e irritabilidade derivam de uma má alimentação. Refrigerantes, ultraprocessados como congelados, e carnes gordurosas são algumas das escolhas alimentares que levam a esses e outros contratempos. Já uma boa alimentação é capaz de preveni-los.

Neste post, o Sempre Bem traz 7 passos muito simples para aderir a uma alimentação natural em pouco tempo e desfrutar dos seus benefícios!

Siga estes 7 passos para adotar uma alimentação natural

1. Beba mais água

A água é parte de uma alimentação saudável, e consumi-la em quantidade ideal trará excelentes benefícios. O líquido hidrata todo o organismo, e ajuda a sintetizar os nutrientes dos alimentos ingeridos.

Além disso, a água contribui para a circulação de sangue, a saúde da pele e ainda evita problemas renais, especialmente em pessoas com propensão a esses contratempos.

2. Faça pratos coloridos

A regra básica para confirmar se um prato é saudável é ele ser bastante colorido — desde que essas cores não sejam de condimentos e alimentos artificiais.

O motivo é que a mistura de cores em um prato mostra, quase sempre, que ele está com fibras, carboidratos e proteínas. Todos os elementos básicos da pirâmide nutricional para turbinar a saúde e garantir que se conquiste mais bem-estar.

3. Consuma mais frutas, legumes e verduras

As frutas, legumes e verduras têm nutrientes essenciais à saúde, como vitamina A, B e C, fibras, potássio, magnésio, entre tantas outras. Todos esses elementos compõem uma alimentação natural que fortalece o sistema imunológico e traz demais vantagens ao organismo.

4. Compre alimentos em feiras e mercados próximos

Muito do consumo de uma alimentação natural se dá através da relação que se tem com os alimentos. E isso está totalmente relacionado às compras dos produtos.

Ou seja, escolher locais próximos como feiras e mercados, e ir pessoalmente a tais espaços para comprar os alimentos, reforça a relação com as refeições. Esses momentos são perfeitos também para conhecer a procedência e acompanhar a qualidade do que é vendido pelas proximidades.

5. Saiba como são produzidos os alimentos

Ter uma alimentação natural, livre de agrotóxicos, é essencial. Por isso, priorize comprar em locais que não façam uso de determinadas substâncias.

6. Prepare suas refeições

Parte da relação que se tem com a comida está no preparo das refeições. Algo fundamental para aderir a uma alimentação saudável em pouco tempo.

Fazer os próprios pratos ajuda a usar melhor cada ingrediente, evitando o excesso de açúcar e sal, que são muito usados em restaurantes e lanchonetes. Essa mudança apura o paladar e ajuda a descobrir quais são os sabores, texturas e aromas que se gosta mais. Um bom passo para fazer pratos do seu jeito.

7. Coma devagar e em um ambiente tranquilo

Já diz a sabedoria popular que a hora de comer é sagrada. Nesse sentido, fazer as refeições livre de distrações como celular, TV, aparelhos de som e outros barulhos ou imagens, é o ideal.

Também, comer devagar e com mais pessoas ajuda na apreciação do momento, e é uma forma de se reeducar em direção a alimentação natural e saudável.

8. Consuma alimentos in natura ou os menos processados possíveis

Quanto mais naturais forem os alimentos, melhor para a sua saúdeO motivo para essa escolha é que os produtos que passam por algum processo industrial recebem aromatizantes, conservantes e outros aditivos químicos.

Todos esses produtos que são adicionados aos alimentos tendem a prejudicar a qualidade deles. Textura, sabor, aroma e principalmente os nutrientes são afetados, reduzindo as chances de que a refeição seja, de fato, saudável.

Por fim, sempre busque ler os rótulos dos alimentos para entender quais são as vitaminas, gorduras totais e trans, entre outros elementos contidos neles. Contar com a ajuda de um profissional, como um nutricionista, é também importante para que as melhores escolhas sejam feitas. Assim, a alimentação natural ficará fácil de ser feita.

Semprebem.paguemenos.com.br

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento