Conectado por

Saúde

6 aplicativos para cuidar da saúde mental


Compartilhe:

Publicado por

em

A pandemia trouxe novos desafios para a nossa saúde mental. O medo da doença, as incertezas em relação ao futuro, instabilidade econômica e de carreira e a falta de convívio social podem aumentar os níveis de ansiedade e estresse em pessoas saudáveis e intensificar sintomas naqueles que já têm algum transtorno psiquiátrico. Ao mesmo tempo, o bombardeio de informações e estímulos causados pelo uso descomedido de redes sociais, mensagens no celular e barulhos externos prejudicam a concentração.

No Brasil, a situação é ainda mais delicada. Mesmo antes do surto de coronavírus, o país já era considerado o mais ansioso do mundo pela OMS (Organização Mundial da Saúde): em 2019, pelo menos 9,3% da população vivia com essa condição. No mesmo ano, dados da agência de saúde mostravam que 5,8% dos brasileiros sofrem de depressão, o que representa a maior taxa da América Latina e a segunda maior das Américas, atrás apenas dos Estados Unidos.

Nesse contexto, nunca foi tão importante encontrar formas de reduzir os níveis de insônia, tristeza prolongada, burnout e falta de energia. Felizmente, a tecnologia encontrou algumas soluções para aumentar a sensação de bem-estar por meio do monitoramento do sono, programas de atenção plena, exercícios físicos e dicas de meditação.

Veja, na galeria abaixo, 6 aplicativos que ajudam a cuidar da saúde mental:

Calm

Se você está em busca de um app que o ajude a dormir melhor, esta pode ser a solução. Lançada em 2012, a plataforma de relaxamento oferece exercícios de respiração, músicas tranquilizantes e programas de meditação guiada que vão de três a 25 minutos para aplacar a ansiedade e melhorar a concentração e a qualidade do sono.

Disponível para iOS e Android, com uma interface 100% em português, o aplicativo ainda conta com sons de ondas do mar, chuva forte e fogueira, programas de atenção plena, treinos de alongamento do corpo e uma biblioteca de histórias para dormir, narradas por celebridades como o atleta LeBron James, Laura Dern, Matthew McConaughey e Kelly Rowland, entre outras, para ajudar a combater o estresse e a insônia.

Em fevereiro de 2019, a Calm levantou US$ 88 milhões em um financiamento da série B, que fez com que a empresa se tornasse a primeira startup unicórnio de saúde mental. Eleita app do ano pela Apple em 2017, a plataforma é gratuita, mas possui recursos exclusivos na versão paga, a partir de US$ 69,99 por ano.

Forbes Brasil