Conectado por

Saúde

Tiroterapia: Conheça os benefícios mentais do esporte de tiro ao alvo


Compartilhe:

Publicado por

em

Com níveis cada vez maiores de estresse e ansiedade, especialistas defendem que o Brasil vive uma segunda pandemia, em relação aos transtornos mentais. Por isso, é muito importante buscar métodos de cuidar da saúde mental para prevenir e tratar esses casos.

Uma das formas de ter esse cuidado é buscar por atividades divertidas, intensas e que funcionem como uma descarga das emoções. Por isso, algumas pessoas encontram na prática de tiro ao alvo uma forma de lidar com esses sentimentos.

A prática ficou conhecida como tiroterapia, e vem sendo apontada como uma forma inusitada e polêmica de aliviar a tensão e sentir maior tranquilidade.

Como praticar a tiroterapia

Para praticar a tiroterapia, é importante buscar um clube de tiro especializado, que proporcione uma experiência mais direcionada aos seus frequentadores. A ideia é que os usuários possam entrar em um espaço em que possam esquecer de seus problemas e se concentrar apenas na atividade: preparar a arma, mirar o alvo e descarregar o pente.

De acordo com especialistas, a prática terapêutica não está nos tiros em si, mas, sim, em poder espairecer e ter um ambiente em que se sintam relaxados, focados apenas naquela situação. Como a ansiedade, por exemplo, dificulta o foco, conseguir praticar algo que estimule se desligar das outras situações e se colocar no presente pode ser benéfico e trazer vantagens para além dos tiros.

Porém é necessário que a prática seja feita em total segurança, com a ajuda de profissionais. Afinal, lidar com profissionais despreparados ou em locais que não privilegiam o relaxamento poderá piorar os casos de estresse, além de expor a pessoa com transtorno mental a gatilhos de violência.

Prática com segurança

O mais importante é garantir a segurança durante a prática. Em muitos clubes de tiro especializados em tiroterapia, são usadas balas diferentes, como o chumbinho 5.5, que ajuda a evitar acidentes. Também há limite de idade, que funciona como uma maneira de proteger o praticante e as outras pessoas que estão no local.

Por fim, é válido destacar que a atividade pode ter efeito relaxante e ajudar a pessoa no dia a dia; no entanto, alguns casos precisam da ajuda de profissionais da área da saúde para garantir a melhora dos sintomas e o tratamento mais adequado.

Assessoria

Publicidade
Governo de Rondônia
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento