Conectado por

Saúde

Quem tem endometriose pode engravidar?


Compartilhe:

Publicado por

em

Mulheres com endometriose podem engravidar, porém esta condição ainda é uma importante causa de infertilidade, sendo que apenas 5 a 10% das mulheres acabam engravidando sem tratamento.

Isso acontece porque, na endometriose, o tecido que reveste o útero se espalha pela cavidade abdominal, podendo causar obstrução e inflamação em diversos tecidos e/ou órgãos do sistema reprodutor, podendo impedir que os óvulos maduros cheguem às trompas, além de possivelmente danificar o óvulo e os espermatozoides.

Ainda assim, com o tratamento adequado, é possível aumentar as chances de gravidez. O tratamento para a endometriose deve ser orientando pelo ginecologista ou obstetra.

Como deve ser o tratamento para engravidar

Antes de iniciar o tratamento, é realizado um exame de ultrassom ou de ressonância magnética para que o ginecologista consiga saber onde está o foco de tecido endometrial fora do útero, bem como seu tamanho e profundidade.

Dependo de quais os órgãos do sistema reprodutor que foram afetados, pode ser indicado a laparoscopia, um pequeno procedimento cirúrgico que vai retirar o máximo de tecido endometrial possível, desobstruindo as vias e reduzindo a inflamação. Ainda pode ser indicado o uso do remédio acetato de gosserrelina, chamado também de zoladex, que é um inibidor sintético dos hormônios testosterona e estrógeno, que ajudam a reduzir a progressão da doença.

Além disso, para garantir a maior taxa de sucesso da gravidez, o médico também pode recomendar que o parceiro faça o teste de espermograma, também chamado de viabilidade espermática, onde é verificado se os espermatozoides estão em boa qualidade e se possuem boa velocidade, o que é fundamental para a fertilização do óvulo. Entenda como o espermograma é feito e o que significa os resultados.

Quanto tempo demora para engravidar

Não é possível saber em quanto tempo exatamente a mulher vai conseguir engravidar após o tratamento e a aprovação segura do ginecologista, pois outros fatores também podem ser essenciais como a idade, número de filhos, tempo de diagnóstico da endometriose e classificação da doença. Normalmente, as que conseguem engravidar com mais facilidade são as mulheres mais jovens e com diagnóstico recente de endometriose leve.

Como aumentar as chances de engravidar

Além do tratamento recomendado pelo ginecologista e obstetra, para aumentar as chances de engravidar quando se possui endometriose, existem alguns cuidados importantes como:

1. Reduzir a ansiedade

Os níveis de ansiedade costumam aumentar quando se está tentando iniciar uma gravidez, o que pode acabar atrasando esse processo, já que hormônios associados a ansiedade, como o cortisol por exemplo, podem desregular outros hormônios responsáveis pela concepção, além de reduzir a libido. Confira 7 dicas para controlar a ansiedade e nervosismo.

2. Saber quando é o período fértil

Para aumentar as chances de engravidar, principalmente quando se tem endometriose, é importante que o casal saiba melhor como funciona o período fértil, especialmente o dia em que ocorre a ovulação, para que assim possam se programar de forma adequada, aumentando as chances de fertilização do óvulo. Veja como calcular o período fértil com a calculadora online.

3. Consumir alimentos ricos em vitaminas e minerais

A alimentação rica em vitamina E, ácidos graxos, zinco, ferro, vitamina B6 e ômega 3 é importante para a manutenção dos hormônios responsáveis pela ovulação e pela boa qualidade os óvulos e espermatozoides, o que pode reduzir o tempo de espera até a gravidez. Saiba quais alimentos devem estar na dieta para engravidar.

Tua Saude.

Publicidade
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento