Conectado por

Mato Grosso

O furto de carros aumentou 3,4% no país e diminui em MT


Compartilhe:

Publicado por

em

Nos últimos anos o Mato Grosso está mostrando cada vez menos registros de roubos e furtos. Em termos gerais, passou de registrar 44.574 roubos no ano de 2019 para 35.006 ocorrências em 2021, e 13.978 furtos para 8.311 nesses mesmos períodos, conforme as estatísticas criminais divulgadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública.

Depois dos celulares, um dos principais itens roubados são os veículos. De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2022, em 2021 houve 2.494 furtos registrados em Mato Grosso, um aumento de 27,4% em relação ao ano de 2020, quando houve 1.860 ocorrências registradas. A variação no índice de roubos foi menor, apenas 3,6%. Em 2021 foram denunciados 1.442 roubos, enquanto que em 2020 foram 1.322 (120 veículos a mais).

Em total, o estado registrou um aumento de 17,5% na comparação entre 2020 e 2021. Com esse percentual, o estado ficou em segundo lugar entre os estados que mais ocorrências deste tipo de crime teve. Em primeiro lugar ficou o Acre, com 45,3% de aumento. De acordo com o anuário, o incremento dos roubos e furtos nos estados fronteiriços ocorre pela troca dos veículos roubados por armas e cocaína na Bolívia.

No entanto, outros estados também mostraram importantes quedas nas ocorrências de roubo e furto. Esse é o caso de Sergipe que registrou uma redução de 26,2% nas ocorrências e de Tocantins que registrou 20,3% menos de crimes.

Com isso, a variação do país ficou praticamente estável, o aumento foi de apenas 0,1% entre o primeiro e o segundo ano de pandemia. Foram 323.955 ocorrências em 2020 (142.958 roubos e 177.083 furtos) e 334.643 em 2021 (141.725 roubos e 188.946 furtos). Analisando por separado, houve uma queda de 4% nos roubos e um aumento de 3,4% nos furtos.

Em total 916 veículos são por dia no país e o principal destino para eles é o desmanche, pois o mercado ilegal de peças que há no país é muito grande, apesar das estratégias e políticas de controle aplicadas pela polícia e órgãos de cada estado.

Impacto do roubo de veículos no preço do seguro do carro

De acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) nos últimos 12 meses o valor do seguro para veículos aumentou 32%. Um dos principais motivos por esse aumento são os registros de roubos e furtos

Isto ocorre porque ao haver mais roubos os riscos das seguradoras aumentam, isto é, existem mais possibilidades de ter que indenizar seus clientes. Como há mais riscos envolvidos na operação o valor do serviço aumenta.

Mas, independentemente do preço, é importante contar com um seguro de carro. Ao ter o veículo furtado ou roubado o segurado não perde todo o investimento realizado, dependendo das condições do contrato ele pode receber uma indenização pelo valor de mercado do veículo, e assim conseguirá comprar outro igual ou dar entrada na compra de um veículo mais novo.

Olivre

Publicidade
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento