Publicada em 09/06/2017 às 10:31

Votorantim Metais instala estação meteorológica em Aripuanã

Os dados comporão base de informações meteorológicas da região e poderão ser compartilhados com a comunidade e prefeituras de outras cidades

Os dados comporão base de informações meteorológicas da região e poderão ser compartilhados com a comunidade e prefeituras de outras cidades

A Votorantim Metais, responsável pelo Projeto Aripuanã, instalou uma estação meteorológica automática para coleta de informações climáticas do município de Aripuanã. A empresa já possui resultados da iniciativa com a produção de conhecimento sobre o clima da região. A estação está localizada nas proximidades da área prevista para a planta de beneficiamento do empreendimento, que está em fase de licenciamento ambiental.

Trata-se da primeira estação meteorológica automática da região e seus dados poderão ser compartilhados com a comunidade em geral. O objetivo da estação é ter as informações sobre temperatura, velocidade e direção do vento, umidade relativa do ar, pressão atmosférica e precipitação, temperatura e umidade do solo, entre outros coletados de hora em hora, enriquecendo a base de dados climáticos da região.

Segundo Gilmara Carneiro, consultora de Meio Ambiente da Votorantim Metais, “a estação meteorológica contribuirá para no médio e longo prazos aprofundar o conhecimento sobre o clima local”. Dotada de alta tecnologia, consiste numa torre com sensores que captam as informações meteorológicas, que são posteriormente inseridas em banco de dados. Além de propiciar mais informações do clima para empresa, o equipamento poderá ser útil para o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e demais órgãos ligados aos estudos do clima.

A estação meteorológica foi desenvolvida por meio de tecnologias e certificações de alto padrão internacional. Os dados, por exemplo, poderão subsidiar decisões sobre os períodos de obras do Projeto Aripuanã, bem como na sua fase de operação.

Sobre o Projeto Aripuanã – O projeto Aripuanã, da Votorantim Metais, consiste na implantação de uma mina subterrânea para produção anual de 120 mil toneladas de concentrado de zinco, 18 mil toneladas de concentrado de cobre e 50 mil toneladas de concentrado de chumbo. O projeto está em fase de licenciamento ambiental e tem previsão de início da operação para 2020.
 

Publicidades

Imperdível! Fazenda em Aripuanã por R$ 1.8000.000,00 próxima Mineradora da Votorantim Metais
 

Autor: Assessoria
Fonte: O Nortão

Comente com o Facebook