Publicada em 30/11/2017 às 15:16

“Rondônia carece de líderes políticos”, diz Jabes Rabelo

Para Jabes Rabelo, hoje em dia está difícil de confiar em político, mas ele destaca que ainda existem pessoas de bem, o que falta é descruzar os braços e partir para o ataque e se manifestar, seja como candidato ou apoiando pessoas de bem.


Elizete Rabelo (Esposa) e Jabes Rabelo

Eleitores que são formadores de opinião como o empresário de Cacoal Jabes Rabelo, opinam sobre as eleições de 2018. Jabes que já foi deputado federal na década de 90 e foi cassado injustamente por assinar uma carteira de assessor parlamentar para um irmão que foi preso com drogas, na ocasião, a Câmara dos deputados o fizeram de bode expiatório para na época encobrirem o “escândalo anões do orçamento”, que foi um grande escândalo de corrupção nos primeiros anos que seguiram pós ditadura. Foi o esquema conhecido como Anões do Orçamento, no qual políticos manipulavam emendas parlamentares com o objetivo de desviarem o dinheiro através de entidades sociais fantasmas ou com a ajuda de empreiteiras. Para mudar o foco, usaram a prisão do irmão do deputado Jabes Rabelo (PTB), na época e o cassaram por falta de Decoro Parlamentar.

Para Jabes Rabelo, hoje em dia está difícil de confiar em político, mas ele destaca que ainda existem pessoas de bem, o que falta é descruzar os braços e partir para o ataque e se manifestar, seja como candidato ou apoiando pessoas de bem.

Em entrevista ao site O NORTÃO, Jabes falou um pouco de cada assunto e fez questão de destacar o papel de um verdadeiro líder.


Jabes Rabelo recebeu em sua casa em Cacoal o jornalista Ricardo Júnior

ONORTÃO – Jabes, como deve ser um líder na sua opinião?

JABES – Liderar pessoas é fundamental, e ser um bom líder atualmente exige muita seriedade, lealdade, simplicidade, trabalho e saber lidar com pessoas e situações diferentes no dia a dia, comportamento este que não se acha na maioria absoluta dos atuais políticos e que tem tudo para serem banidos da vida pública em 2018.

ONORTÃO – Como deve se comportar um líder político?

JABES – O primeiro ponto é passar segurança, o ser humano como um todo está cansado de promessas. Para isso acontecer, o ideal é colocar em prática os princípios fundamentais como respeito, bom senso, e educação, assim gerando confiança entre todos os membros da sua comunidade e o político ainda consegue o comprometimento e engajamento de todos na sua luta ou causa.

ONORTÃO – O Jabes Rabelo ainda pensa em se candidatar algum cargo político?

JABES – No momento não há qualquer possibilidade, estou envolvido nos meus projetos empresariais, apesar de um grupo de amigos que vão de sitiantes até empresários, me assediam para voltar à vida política, pois nossa cidade está acabada, sofre nas mãos de politiqueiros de plantão, pois se não fosse a intervenção do governador Confúcio Moura, Cacoal estava totalmente acabada. Amo minha cidade, luto por ela qualquer hora, mas a hipótese de participar nas próximas eleições é remota! Quem sabe no futuro! pois não medirei esforços para contribuir com o desenvolvimento da minha cidade, pois além de ter meu patrimônio todo aqui, é aqui que está a minha história, a do meu finado pai (Boaventura Rabelo), que ajudou abrir esta cidade no machado e não vou ficar assistindo de camarote nossa cidade ir para o "brejo", comos e diz no ditado popular.

ONORTÃO- O que o empresário Jabes Rabelo espera do eleitorado?

JABES – Que os eleitores parem uns minutos e reflitam uma coisa: “se podemos mudar, porquê não começar já! Chega de enganação, chega de eleger homens e mulheres que não honram os votos obtidos do povo trabalhador, parar de só reclamar, vamos agir, não votar em quem só se elege para manter seu “emprego” de deputado e/ou senador, seja esfera federal ou estadual, chegou mais uma vez a oportunidade de acabar com os corruptos no poder, não votando em quem tiver algum tipo de envolvimento com atos de corrupção.

ONORTÃO – Qual recado de Jabes Rabelo dá para os atuais políticos e aos futuros políticos.

JABES – Aos atuais, que tomem vergonha na cara aqueles que ainda não produziram o que é pra produzir, que trabalhe para o povo, pois foram eles que os colocaram lá! Chega de exercer um mandato de “meia boca”, chega de tapinhas nas costas, risadinhas,  queremos é trabalho e ação!

Aos novos postulantes, que não se envolvam em corrupção, façam parte de um novo tempo, temos bons nomes no estado, temos pessoas de bem, então é só se organizar que nós pioneiros do Estado, que chegamos aqui no início dos anos 70,  juntamente com os que chegaram aqui nos últimos dez anos, iremos apoiar, pois queremos uma Rondônia tranquila, uma bancada de deputados atuantes, uma bancada do povo, homens e mulheres humildes, que visitem a comunidade todos os meses e não só em épocas eleitorais, isto é possível, já fui deputado por 9 meses e segundo dados da Câmara Federal, atuei mais que um deputado que cumpriu o mandato todo na época, ou seja, quando queremos e trabalhamos por amor, fazemos a diferença e o nosso patrão que é o povo, fica satisfeito com nossa atuação.

Sobre Jabes Rabelo - Jabes Pinto Rabelo nasceu em Campo Mourão (PR) no dia 16 de fevereiro de 1957, filho de Boaventura Pinto Rabelo e de Pedrina de Jesus Rabelo. Pai de 9 filhos e é casado com Elizete Fabris.

Em dezembro de 1972 radicou-se na cidade de Cacoal (RO) e trabalhou como tropeiro, mascate, garçom e motorista do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), permanecendo nesta função até 1979. Nesse ano passou a trabalhar como corretor de cereais e, três anos depois, abriu sua primeira empresa, a Cerealista Máquinas Rio Doce, a maior empresa pagadora de tributos da região Norte na época.

Em outubro de 1990, com apenas 34 anos de idade, elegeu-se deputado federal por Rondônia  na legenda do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), na coligação "A Vontade do Povo", liderada pelo então candidato ao governo, o saudoso senador Olavo Pires,  sendo o terceiro mais votado do estado. Participou dos trabalhos legislativos como membro titular da Comissão de Minas e Energia e suplente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto e membro da mesa diretora da câmara dos deputados. 

Hoje atua no ramo de loteamentos e construção de condomínios em Cacoal, é diretor presidente da Boaventura Empreendimentos Imobiliários.

Resultado de imagem para jabes rabelo
Jabes Rabelo em um de seus loteamentos em Cacoal


Jabes Rabelo na Boaventura Empreendimentos Imobiliários - Empresa administrada pelos filhos

Autor: O NORTÃO
Fonte: O NORTÃO

Comente com o Facebook