Publicada em 09/01/2018 às 18:55

População reclama de falta de banheiro no Centro de Manaus

Prefeitura diz que não há previsão para a oferta de banheiros públicos na área.

Pessoas que precisam ir ao Centro de Manaus reclamam da falta de banheiros públicos. O problema afeta até quem trabalha no centro e passa o dia por lá. A Prefeitura afirma que não há previsão para a oferta de banheiros na área.

O atendente de lanchonete Diego Lago trabalha na Praça da Polícia. Ele contou que muita gente pede para usar o banheiro, que é dos funcionários. Por isso, não tem como deixar que gente de fora use o local. Não existe lei que obrigue os espaços privados a a liberar o banheiro.

Na Praça da Matriz o problema é o mesmo. A praça foi reinaugurada dia 15 de novembro de 2017 numa obra que custou mais de R$ 5 milhões e também não tem banheiro público.

Antes da reforma, o local tinha um banheirro na área onde fica o relógio municipal. Agora, o muro da praça é utilizado como mictório.

Desde o início do processo de revitalização do Centro Histórico de Manaus, a Prefeitura disse que tem concentrado esforços na restauração de prédios e espaços históricos.

"Nessa fase das obras, não há - a exemplo de outras áreas já existentes no centro, como largo São Sebastião - a criação de banheiros públicos, pois os trabalhos são voltados para o restauro arquitetônico, obedecendo às recomendações do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (iphan)", diz.

A reivindicação, segundo a Prefeitura, poderá ser contemplada em outra fase do projeto, mas por hora não há previsão.

Autor: G1 AM
Fonte: G1 AM

Comente com o Facebook