Publicada em 13/09/2016 às 08:52

Polícia Federal apreende quase 200 quilos de carne de animais silvestres

Carnes foram doadas para entidades em Cruzeiro do Sul. Dois homens foram detidos e liberados após assinatura de termo de ocorrência.

Carnes foram doadas para instituições beneficentes de Cruzeiro do Sul (Foto: Divulgação/Imac)

Dois homens foram detidos e quase 200 kg de carne de animais silvestres apreendidos durante uma fiscalização da Polícia Federal no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. A operação ocorreu nesta segunda-feira (12) e os homens foram liberados após assinarem um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

O material, de acordo com o Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), era transportado em uma embarcação de pequeno porte. Os agentes encontraram carnes de anta, jacaré, veado, pirarucu, jacu-cigano e inhambu, além de um jabuti vivo.

As carnes, segundo o Imac, foram doadas para duas instituições que prestam assistência social na cidade.

"A Polícia federal acionou nosso pessoal para ir buscar essa carne. Decidimos fazer doação ao Lar dos Vicentinos e ao Centro Reviver, que trata dependentes químicos. Tomamos as medidas necessárias quanto ao termo de soltura do jabuti, que foi devolvido a natureza uma área rural”, salienta o gerente do Imac em Cruzeiro do Sul, Igor Neves.

Autor: Do G1 AC
Fonte: Do G1 AC

Comente com o Facebook