Publicada em 09/11/2017 às 09:38

Investigado na morte de lavador de carros é preso durante reunião em Rio Branco

Wendell Júnior era investigado pela morte de Roberto Caio, morto no último dia 25 no bairro Seis de Agosto. Com o acusado, a PM prendeu mais duas pessoas e apreendeu drogas, arma e colete balístico.

Homem foi preso na manhã desta terça (7) no bairro Recanto dos Buritis (Foto: Divulgação/Polícia Militar do Acre)

Homem foi preso na manhã desta terça (7) no bairro Recanto dos Buritis (Foto: Divulgação/Polícia Militar do Acre)

Uma ação da Polícia Militar do Acre (PM-AC) resultou na prisão de um dos investigados na morte do lavador de carros Roberto Oliveira Caio, assassinado a tiros no bairro Seis de Agosto, em Rio Branco, enquanto assistia um jogo de futebol.

Wendell Silva de Souza Júnior, de 22 anos, foi preso com mais duas pessoas durante uma reunião no bairro Recanto dos Buritis.

Na ação, que ocorreu na manhã de terça-feira (7), a PM apreendeu uma espingarda calibre 16, munição, dois coletes balísticos, drogas e dinheiro. O trio foi levado para a Delegacia de Flagrantes (Defla).

No último dia 28, Roberto Caio assistia um jogo quando foi morto com diversos tiros. Ao G1, a família chegou a falar que o lavador de carros não tinha envolvimento com crimes e “estava no lugar errado, na hora errada”.

O delegado responsável pelas investigações, Rêmulo Diniz, falou nesta quarta (8) que haviam dois mandados judiciais expedidos contra Júnior. Um deles era pela morte de Caio e o outro seria por um homicídio praticado no Ramal São José. Nesse último caso, segundo a polícia, três pessoas já tinham sido presas.

“O 2º batalhão logrou êxito em cumprir o mandado de prisão expedido pela DHPP contra o Wendell em um processo em que outras três pessoas foram presas. São autores de um homicídio praticado no Ramal São José e também estava sendo investigado, com autoria determinada, os casos de atentados na Seis de Agosto”, complementou.

Além desses crimes, segundo a polícia, Júnior era investigado pela Delegacia de Combate a Roubo e Extorsões (Decore) por diversos roubados praticados na capital acreana e também no interior do estado.

 

Espingarda, dinheiro, drogas e coletes foram apreendidos durante prisão (Foto: Divulgação/Polícia Militar do Acre)

 

Espingarda, dinheiro, drogas e coletes foram apreendidos durante prisão (Foto: Divulgação/Polícia Militar do Acre)

Autor: G1 AC, Rio Branco
Fonte: G1 AC, Rio Branco

Comente com o Facebook