Publicada em 22/11/2016 às 13:02

Infecção por zika traz problemas a um terço dos bebês

Estudo com gestantes infectadas reforça hipótese de que doença pode causar outros danos aos bebês, além da microcefalia

Além do tamanho reduzido do crânio - principal característica da microcefalia -. a menina nasceu com problemas intestinais e visuais.

Um estudo que acompanhou 57 gestantes paulistas infectadas pelo zika reforça a hipótese de que o vírus pode causar diversos danos aos bebês além da microcefalia. E as anomalias podem acontecer independentemente do trimestre de gravidez em que a mãe foi infectada.

Coordenada por Mauricio Lacerda Nogueira, professor da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto e integrante da Rede Zika (força-tarefa formada por pesquisadores de São Paulo apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, a Fapesp), a pesquisa monitorou 1.200 grávidas do interior, das quais 57 tiveram a confirmação de contaminação pelo vírus zika, com casos de infecção em todos os trimestres da gestação.

Autor: VEJA.COM
Fonte: VEJA.COM

Comente com o Facebook