Publicada em 19/12/2014 às 16:10

Executivos da GDF Suez visitam a Hidrelétrica Jirau

A visita teve como foco, conhecer a Usina e os projetos socioambientais desenvolvidos pela ESBR.

Executivos da GDF SUEZ – uma das quatro sócias da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica Jirau, estiveram no empreendimento nos dias 13 e 14 de dezembro. A Diretora de Desenvolvimento Sustentável da GDF SUEZ Anne Chassagnette e o Gerente de Responsabilidade Social Alexandre Brailowsky, tiveram a companhia do Diretor de Desenvolvimento de Negócios da GDF SUEZ Brasil, Gil Maranhão. O grupo conferiu de perto o funcionamento da Usina e alguns dos projetos socioambientais desenvolvidos pela ESBR.

No sábado (13), os visitantes foram recebidos pelos Diretores da ESBR, José Lucio de Arruda Gomes (Administrativo & Institucional) e Isac Teixeira (Operação), pelo Gerente de Meio Ambiente Veríssimo Neto, pelo Coordenador de Fornecimento e Montagem Eletromecânica Paulo Quintão, além do Gerente de obra da Leme Engenharia, Henrique Dijkstra. Durante a visita, o grupo visitou a Sala de Controle de Jirau, a Casa de Força da Margem Esquerda e uma das áreas onde é feita a montagem das turbinas.

          No domingo (14), os executivos conheceram de perto os projetos socioambientais e os programas de compensação social desenvolvidos pela ESBR, cujos investimentos ultrapassam R$ 1,2 bilhões. O Grupo também esteve em Nova Mutum Paraná, cidade construída para atender aos reassentados e empregados da Usina, e na Unidade Demonstrativa de Aprendizado de Manejo (UDAMA), onde monitores ambientais e produtores rurais são capacitados pela ESBR para a produção de mudas, horta natural e criação de galinha caipira. O Projeto Piloto de Piscicultura e Agricultura Orgânica, implantado para geração de renda dos reassentados rurais, bem como o Centro Cultural, onde estão expostas as peças arqueológicas restauradas, que foram encontradas na área de influência de Jirau, também foi visitado.

O Grupo conheceu ainda o Sistema de Transposição de Peixes, implantado na Usina para permitir a continuidade do processo de migração e reprodução natural dos peixes.

“A experiência de construir um empreendimento em um lugar tão remoto, com tantos desafios, tantas pessoas envolvidas e com essa quantidade de programas sendo desenvolvidos, com certeza deve ser compartilhada”, ressaltou a Diretora de Desenvolvimento Sustentável da GDF SUEZ, Anne Chassagnette.

O Gerente de Responsabilidade Social da GDF SUEZ, Alexandre Brailowsky, afirmou que “Jirau é um exemplo para o Grupo, não apenas pela questão financeira, mas principalmente pela responsabilidade social corporativa que está sendo desenvolvida de maneira tão séria e com ótimos resultados. As soluções criativas e inovadoras, como o projeto piloto e de arqueologia, são exemplos da importância única desse empreendimento”, completou Brailowsky.

Já o gerente de Meio Ambiente da ESBR, Veríssimo Neto, destacou que “a visita dos executivos é importante para valorizar os projetos ambientais e sociais desenvolvidos em Jirau e mostrar que a ESBR vai muito além das suas atribuições, realizando diversas ações para garantir o desenvolvimento sustentável da região em que está inserida a Usina”.

Autor: Assessoria
Fonte: O Nortão