Publicada em 14/11/2017 às 21:41

Convênio garante revisão do plano diretor do município de Juína

O documento foi assinado pelo secretário Wilson Santos e o prefeito Altir Peruzzo. O trabalho terá custo de R$ 440,6 mil e o prazo de conclusão do estudo é de um ano.

O plano diretor do município de Juína (733 km  de Cuiabá) passará por revisão após 10 anos de implementação. Um convênio firmado com a Secretaria de Estado das Cidades (Secid-MT) garantirá a elaboração do projeto que norteará o mapeamento da cidade e seu desenvolvimento nos próximos anos. O documento foi assinado na tarde desta segunda-feira (13.11) pelo secretário Wilson Santos e o prefeito Altir Peruzzo. O trabalho terá custo de R$ 440,6 mil e o prazo de conclusão do estudo é de um ano.

 

Segundo os termos do convênio, o Governo do Estado, por meio da Secid-MT, repassará a metade do recurso R$ 220,30 mil previsto no documento e a gestão do município arcará com a contrapartida dos outros 50%. A prefeitura de Juína ficará ainda responsável pela realização da licitação para escolha da empresa que tocará o trabalho e a Secretaria das Cidades responderá pela fiscalização. “Esse é um convênio importante que vai colaborar para o planejamento municipal e a implementação de políticas de desenvolvimento urbano, que servirão para orientar tanto a prefeitura, quanto o setor privado”, destacou o secretário Wilson Santos.

 

Por sua vez, o prefeito salientou que o novo plano diretor é necessário devido à expansão da cidade na última década. “O projeto possibilitará rever o nosso plano diretor que foi realizado há 10 anos. Além disso, servirá para o desenvolvimento do município ocorra dento de um planejamento prévio, fazendo com que a cidade cresça de forma ordenada, separada por regiões ou zonas, com definição de espaços para indústria, entre outros”, explicou o chefe do executivo municipal Altir Peruzzo após assinatura do convênio.

 

De forma geral, o plano diretor tem objetivo de traçar um diagnóstico científico da realidade física, econômica, política e administrativa das cidades, propondo um desenvolvimento ordenado e definindo regras para o uso e ocupação do espaço urbano. A intenção final, segundo o secretário Wilson Santos, é levar maior qualidade de vida à população local nos anos que seguem.

Autor: https://www.cenariomt.com.br
Fonte: https://www.cenariomt.com.br

Comente com o Facebook