Publicada em 14/02/2018 às 16:54

Cartório de Lucas do Rio Verde doa material escolar para escola pública

O Cartório Felipetto Malta, de Lucas do Rio Verde, entregou, no início deste mês, materiais escolares à Escola Municipal Cecília Meireles, adquiridos com valores arrecadados durante o ano de 2017 na Campanha “Troco Solidário”.

O Cartório Felipetto Malta, de Lucas do Rio Verde, entregou, no início deste mês, materiais escolares à Escola Municipal Cecília Meireles, adquiridos com valores arrecadados durante o ano de 2017 na Campanha “Troco Solidário”. Ao todo, cerca de 60 alunos foram beneficiados com a iniciativa e, conforme a escrevente da serventia, Janaina Eliete Guadanin Royer, os materiais comprados atendem ao equivalente a 60 listas completas exigidas no ato da matricula para o ano letivo de 2018 do ensino fundamental.

 

“Entregamos junto à coordenação para que ela possa destinar aos alunos que relatam situação de insuficiência financeira para compra dos materiais exigidos. Esse foi o motivo pelo qual fizemos a entrega no primeiro dia do ano letivo, para que, conforme surgissem as necessidades, os materiais doados pudessem suprir a necessidade de cada um”, informou Janaina Royer.

 

A Campanha “Troco Solidário” já faz parte do cartório há alguns anos, tendo se iniciado por meio de pequenos cofres espalhados pelos locais de atendimento adesivados com slogan da campanha, onde todos os valores arrecadados eram direcionados somente à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município.

 

“Em 2017 surgiu a ideia entre os colaboradores em agregar mais um segmento à Campanha “Troco Solidário”, onde todo valor arrecadado seria direcionado para aquisição de materiais escolares destinados às crianças carentes do nosso município. Para incentivar a contribuição dos usuários, o tabelião propôs que a cada R$ 1 doado, o cartório doaria mais R$ 1. Desse modo, conseguimos arrecadar R$ 1.105,60, resultando em R$ 2.212 para a compra de materiais escolares”, acrescentou a escrevente do Cartório Felipetto Malta.

 

A opção pela Escola Municipal Cecília Meireles ocorreu após pesquisas, ao longo do ano de 2017, com pais, professores e coordenadores das escolas públicas de Lucas do Rio Verde. A Escola Cecília Meireles, de ensino fundamental, está situada em um dos bairros mais humildes da cidade e foi a que mais chamou atenção da equipe do cartório nos resultados das pesquisas quanto à carência dos alunos em relação aos materiais básicos utilizados no decorrer do ano letivo.

 

De acordo com Janaina Royer, foram doados à escola 75 apontadores; 120 borrachas; 130 tubos de cola; 155 cadernos de diversos tipos e modelos; 60 caixas de lápis de cor; 288 lápis preto; e 60 réguas. A sensação de poder contribuir com quem realmente precisa é de realização, de dever cumprido, é a motivação de continuar buscando junto à sociedade e a partir de cada um dos colaboradores a prática da solidariedade, da oferta, da partilha, e da gratidão de ajudar a construir um futuro melhor através da educação. A principal função que buscamos em cada campanha realizada, além de atingir o objetivo principal proposto, é de incentivar a sociedade de forma geral a também promover campanhas solidárias, onde os menos favorecidos são beneficiados”, concluiu Janaina Royer.

Autor: Assessoria de Imprensa Anoreg-MT
Fonte: O Nortão

Comente com o Facebook