Publicada em 13/03/2018 às 16:06

Ângela Portela pede solução para fornecimento de energia em Roraima

Segundo ela, os produtores rurais concordaram que a energia é cara e o fornecimento é precário.

A senadora Ângela Portela (PDT-RR) destacou a realização de uma audiência pública na cidade de Rorainópolis, no sul do estado de Roraima, sobre a questão energética na região. Segundo ela, os produtores rurais concordaram que a energia é cara e o fornecimento é precário.

De acordo com a senadora, nos últimos dias Roraima sofreu sucessivos apagões que causaram transtornos à população. Para a senadora, a causa é a falta de interligação do estado com o Sistema Elétrico Nacional, que obriga a importação de energia da Venezuela. Como o país vizinho ficou sem enviar energia por 22 horas, Roraima sofreu com os apagões.

Ângela Portela também citou reclamação dos agricultores de que a Eletrobras contratou empresa terceirizada para fazer a cobrança das contas de luz. Por isso, pequenos atrasos estão gerando cortes no fornecimento de energia. Para a senadora, a solução passa pela construção do Linhão de Tucuruí.

- Todos sabem que a solução para o problema energético em Roraima, e a única solução viável e sustentável, é a integração de Roraima ao Sistema Elétrico Nacional, através da construção do Linhão de Tucuruí. Não é seguro ficarmos dependentes da Venezuela pra ter energia. Também não podemos contar apenas com as termelétricas, uma forma de energia cara e ineficiente - afirmou a senadora.

Autor: Agência Senado
Fonte: Agência Senado

Comente com o Facebook