Publicada em 16/05/2018 às 01:50

Alessandra busca avanços para trabalhadores da montagem industrial no AM

No dia 20 de abril, a parlamentar trouxe as demandas da categoria para uma grande audiência pública no Poder Legislativo.

 

Em reunião com lideranças de trabalhadores da montagem e manutenção industrial na tarde da última segunda-feira, 14 de maio, a deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) informou sobre os avanços recentes para a categoria no Amazonas.

 

No dia 20 de abril, a parlamentar trouxe as demandas da categoria para uma grande audiência pública no Poder Legislativo. O principal encaminhamento foi a indicação ao Governo da necessidade de adoção de medidas legais e administrativas para garantir um percentual mínino de mão de contratação de obra regional nos grandes empreendimentos que necessitem de trabalhadores do setor de montagem e manutenção industrial no Estado.

 

Além da reunião de segunda-feira na Assembleia Legislativa com os líderes Denis de Jesus, Edvar de Oliveira e Regis Paiva, Alessandra também se reuniu no dia 4 de maio com o secretário Marcelo Dutra, titular da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM).

 

“Nosso trabalho está dando resultado. A Reman, por exemplo, já está estabelecendo uma regra para contratar mão de obra local, a Petrobras já foi também notificada, então as coisas já estão mudando. Além daquela nossa última reunião que a gente teve no IPAAM, que também trouxe novidades muito boas, a gente já está tendo na prática a chamada de muitos trabalhadores. Essa união de todos está dando resultado e eu acredito que, com muito trabalho, muita luta e com fé em Deus a gente vai conseguir avançar muito mais”, destacou Alessandra.

 

A deputada também estuda uma viagem para Coari, onde a categoria congrega centenas de trabalhadores. O setor de montagem e manutenção industrial reúne profissionais altamente qualificados, como soldadores, caldeireiros, encanadores, eletricistas, funileiros, encarregados e outros.

Autor: Assessoria
Fonte: O Nortão

Comente com o Facebook