Conectado por

AL/MT

MT: Janaina: Emanuel quis usar prefeitos como “massa de manobra”


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou que o motivo que levou ao fracasso da reunião convocada pelo prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) com prefeitos do MDB, nesta segunda-feira (13), em Cuiabá, é que “ninguém quer ser usado como massa de manobra”.

Dos 22 prefeitos da sigla convidados para o encontro, apenas Osmar Froner, de Chapada dos Guimarães, compareceu.

A intenção de Emanuel era sentir o clima entre os prefeitos sobre uma possível candidatura sua ao Governo, no ano que vem. Atualmente, o partido apoia a reeleição de Mauro Mendes (DEM).

Não me trouxe espanto essa falta de comparecimento dos prefeitos. Falta relacionamento, falta de convívio. Ninguém quer ser usado como massa de manobra. O MDB não é para isso

“Não me trouxe espanto essa falta de comparecimento dos prefeitos. Falta relacionamento, falta de convívio. Ninguém quer ser usado como massa de manobra. O MDB não é para isso”, criticou.

Para ela, falta entendimento de Emanuel de que uma candidatura não pode ser imposta, mas construída e lançada pela base partidária.

“Não tem como você construir um partido de cima para baixo. O partido é construído de baixo para cima”, afirmou.

Para a deputada, muitos prefeitos que não atenderam ao convite de Emanuel, marcaram presença em outro evento recente, organizado pela executiva estadual em Chapada dos Guimarães – que contou inclusive com a participação de Mauro Mendes.

“Isso demonstra que o partido está em sintonia. A ausência dos prefeitos no encontro com Emanuel, e a presença de poucos filiados, é uma demonstração de que o partido está em concordância, em harmonia com a executiva estadual, da qual eu e o presidente Carlos Bezerra fazemos parte”, avaliou.

Política de exclusão

Não acho que eles deixaram de vir porque todos apoiam o governador Mauro Mendes. Eles deixaram de vir porque eles apoiam a decisão da executiva do partido, apoiam o partido

Segundo Janaina, o partido não concorda com o viés político usado por Emanuel, que se baseia na “exclusão”, já que nenhum deputado da sigla foi convidado.

“Não acho que eles deixaram de vir porque todos apoiam o governador Mauro Mendes. Eles deixaram de vir porque eles apoiam a decisão da executiva do partido, apoiam o partido”, disse.

“Não tem sentido [para eles] virem a uma reunião em que eu não fui convidada, nem o deputado Dr. João, deputado Thiago Silva. Não se faz partido com exclusão”, afirmou.

Vazio

Havia 35 nomes de emedebistas – entre prefeitos e vices – inscritos na lista de presença, e apenas dez pessoas compareceram ao encontro.

Outras oito pessoas, incluindo o presidente do partido Carlos Bezerra, assinaram a lista, mas de próprio punho – veja abaixo.

Publicamente, Emanuel adotou um discurso de “unificação das bases” e o fortalecimento de políticas municipalista. A ideia, no entanto, era ter um termômetro de seu nome junto a colegas.

Veja lista:

Midianews.com.br

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento