Conectado por

Mato Grosso

Mendes reforça apoio a Bolsonaro: “Honraremos o compromisso”


Compartilhe:

Publicado por

em

Em um encontro com o presidente Jair Bolsonaro (PL) na tarde de quarta-feira (3) em Brasília, o governador Mauro Mendes (União Brasil) reiterou o apoio à sua candidatura à reeleição.

O encontro foi promovido pelo senador Wellington Fagundes (PL) e reuniu um grupo de lideranças políticas e empresariais do Estado no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente.

No discurso de aproximadamente 10 minutos, Mendes relembrou uma reunião que teve com o presidente do PL nacional, o ex-deputado Valdemar Costa Neto, em Brasília, em março deste ano, quando fechou o acordo.

“E o senhor [Bolsonaro] pode ter certeza que honraremos esse compromisso, e estaremos durante as próximas semanas defendendo aquilo que eu e grande parte da população de Mato Grosso acreditamos”, afirmou Mendes, referindo-se ao período da campanha eleitoral.

O reforço de apoio é uma importante estratégia do governador, já que nas últimas semanas ele se colocou contrário ao posicionamento de Bolsonaro quanto à lisura do sistema eleitoral brasileiro.

O governador, no entanto, apontou que Bolsonaro enfrentou em sua gestão um caos econômico e sanitário, em decorrência da pandemia da Covid-19.

Ele ponderou que na gestão de Lula (PT), principal adversário de Bolsonaro, o cenário mundial era de pujança econômica.

“Vivemos nos últimos quatro anos nesse País e planeta talvez a maior crise que a humanidade conheceu nos últimos séculos. Não havíamos enfrentado nos últimos 100 anos uma pandemia na dimensão e velocidade e reflexos sociais e saúde como vivenciamos nos últimos três anos”.

“Se compararmos com outro período, que também será debatido, […] o início dos anos 2000, o planeta vivenciou a maior janela de crescimento experimentada nos últimos anos da economia mundial. Aí, tudo parecia fácil. Tudo que se fazia dava certo. O consumo, o PIB cresciam… O Brasil vivia um momento represado que tudo parecia que dava certo”, completou.

Mendes ainda elogiou o enfrentamento de Bolsonaro à pandemia e disse que se Lula estivesse comandando o país no período crítico o cenário “provavelmente” estaria pior.

“Compará-lo com esse Brasil de agora. Como seria se olhássemos esse momento com aquelas pessoas? Eu tenho certeza que o resultado seria muito diferente e provavelmente muito pior”, afirmou.

“Eu tenho certeza do que o senhor fez e sua equipe fez: segurar um país no meio de uma crise sanitária sem precedentes”, disse.

Apoio dos prefeitos

Prefeitos de dezenas de municípios mato-grossenses também estiveram no encontro. Durante sua fala, Mendes relembrou que recebeu cartas dos 140 gestores em apoio à sua reeleição e garantiu que trabalhará para que o apoio se estenda ao presidente.

“Eu vou pedir a cada um desses 140 prefeitos pra gente apoiar o presidente Jair Messias Bolsonaro”, afirmou.

O União Brasil de Mauro Mendes fará a convenção partidária na sexta-feira (5), quando deverá oficializar a coligação com PL de Bolsonaro.

Fonte: MÍDIA NEWS

Publicidade
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento